O que o brasileiro pensa?
15 de dezembro de 2019, 18h38

Vídeo: Crivella chama Globo de “canalhas”, diz que emissora quer dinheiro e não vai ter

Com gestão rejeitada por 72% dos cariocas, o prefeito imita o presidente Jair Bolsonaro e grava vídeo aos berros xingando a emissora

Marcelo Crivella, com Bolsonaro e Wilson Witzel (Reprodução )

Rejeitado por 72% da população do Rio de Janeiro segundo pesquisa Datafolha, o prefeito da capital carioca, Marcelo Crivella, parece tentar se escorar no presidente Jair Bolsonaro e nos ataques à Rede Globo para se reerguer. Crivella publicou um vídeo em suas redes sociais neste sábado (14) em tom inflamado chamando a emissora de “canalhas”, assim como fez Bolsonaro após o ‘Jornal Nacional’ apontar possível elo do ex-capitão com a morte da vereadora Marielle Franco.

No vídeo, Crivella aparece com um grupo de funcionários da Prefeitura atrás dele tentando dar legitimidade a sua fala que dispara ataques contra a Globo após uma guerra declarada do prefeito com o grupo de comunicação. “Nós não somos responsáveis pelo caos, nós lutamos contra o caos, canalhas! Canalhas!”, diz o prefeito após berras números da saúde do município. A atuação municipal na questão é o ponto central da briga entre o bispo e a Globo.

Ainda segundo ele, a emissora o critica porque “quer dinheiro”. “Eu sei que vocês fazem isso não pela saúde do povo, mas porque vocês querem dinheiro. E nós não vamos ceder! Não vamos nos agachar e não vamos dar um tostão pata vocês”, afirma ainda.

Por duas vezes, o prefeito impediu que jornalistas que trabalham no Grupo Globo participassem de entrevista coletiva. Apesar da atitude autoritária e antidemocrática do prefeito, tudo o que de mais relevante tiver sido ali anunciado será noticiado. O que importa para a TV Globo e para os demais veículos do Grupo Globo é manter o público bem informado. Manteremos esse compromisso”, afirmou o grupo em resposta.

Neste domingo, horas após o vídeo, o presidente Jair Bolsonaro afirmou “gostar” de Crivella, mas sem declarar apoio.

Datafolha

Levantamento realizado pelo Datafolha entre os dias 11, 12 e 13 de dezembro e publicado neste domingo mostra que a popularidade e a aprovação de Marcelo Crivella despencaram. O atual prefeito aparece com apenas 8% dos votos caso siga com seu intento de se reeleger. Ele está atrás do ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), com 22%, e do deputado federal Marcelo Freixo (PSOL), com 18%.

ASSISTA AO VÍDEO:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum