O que o brasileiro pensa?
16 de junho de 2020, 07h00

VÍDEO: PMs espancam morador após protesto contra assassinato de jovem negro em SP

Moradores da Vila Clara, na Zona sul da capital paulista, denunciam truculência da PM após ato contra assassinato de Guilherme Silva, de 15 anos. Próximo ao corpo foi encontrado a tarjeta de identificação de um PM

Ação da PM na Vila Clara, em São Paulo, após revolta pelo assassinato de Guilherme Silva Guedes, de 15 anos (Montagem)

Um vídeo divulgado nas redes sociais pela Ponte Jornalismo mostra morador da região da Vila Clara, na zona Sul da capital paulista, sendo espancado por policiais militares em abordagem na noite desta segunda-feira (15), horas depois da realização de um protesto contra o assassinato de Guilherme Silva Guedes, de 15 anos.

Leia também: Corregedoria da PM prende oito policiais envolvidos em espancamento de jovem na Zona Norte

Nas imagens, um policial aparece descendo da moto e espancando um rapaz, que não reagiu à abordagem em uma rua da região. O vídeo mostra ainda um policiamento ostensivo no local, pouco depois dos protestos do final da tarde, quando moradores chegaram a queimar um ônibus e fecharam a avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira.

A revolta ocorreu após o corpo de Guilherme ter sido encontrado em Diadema, na grande São Paulo, depois que o jovem foi sequestrado no domingo (14) à noite, quando estava em frente ao portão da casa de sua avô, na rua Rolando Curti, na mesma Vila Clara. Dois homens armados teriam levado o rapaz.

A família suspeita que policiais militares estejam envolvidos no caso, já que no local em que o menino foi visto pela última vez foi encontrado um pedaço de pano semelhante a farda utilizada pela corporação com a inscrição “SD PM Paulo”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum