Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de dezembro de 2019, 21h53

Wagner Moura denuncia em Nova York destruição da Ancine por governo Bolsonaro

Pronunciamento foi feito no sábado (7) antes da exibição do filme "Marighella" na Universidade de Columbia

Reprodução

Momentos antes da exibição de “Marighella”, o diretor Wagner Moura “trocou algumas palavras” com o público presente em um dos auditórios da Universidade de Columbia, durante o “African Diaspora International Film Festival”, em Nova York, no último sábado (7). Na ocasião, Wagner Moura denunciou a destruição da Cultura no Brasil, assim como da Ancine  (Agência Nacional de Cinema).

“Eu não gosto de falar do ‘Marighella’ como um caso isolado: todo o universo da cultura, no Brasil, está basicamente destruído. A Ancine está destruída. Acabada. Game over. E esse é o jeito que eles fazem hoje: a censura não é como a da ditadura militar, que dizia ‘isso é proibido'”, disse.

“Hoje eles infiltram pessoas nessas agências, e elas tornam tudo impossível de acontecer. Foi isso que fizeram com ‘Marighella’. Eles acharam uma forma de tornar o lançamento impossível do ponto de vista burocrático. Mas nós iremos achar um jeito”, continuou, sendo prontamente aplaudido pelo público.

O filme sobre Carlos Marighella enfrenta questões burocráticas na Ancine e, por isso, ainda não foi lançada no Brasil. A produção do filme afirmou que “a O2 Filmes não conseguiu cumprir a tempo todos os trâmites exigidos pela Ancine”.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum