escrevinhador

por Rodrigo Vianna

09 de outubro de 2008, 17h09

Justiça reconhece que Ustra torturou


O juiz Gustavo Santini Teodoro, da 23ª Vara Cível de São Paulo, deu sentença reconhecendo que o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra (chefe do DOI-CODI em São Paulo, entre 1970 e 1974) torturou Maria Amelia Teles, Cesar Augusto Teles (marido de Maria Amelia) e Crimeia Alice de Almeida (irmã de Maria Amelia).

A tortura ocorreu entre 72 e 73.

A decisão judicial saiu ontem, mas só agora há pouco foi divulgada pelos advogados da família Teles.

Ainda não vi a sentença. Mas acabo de conversar por telefone com Janaina de Almeida Teles, historiadora, filha de Maria Amelia e Cesar Augusto. “Essa sentença é muito importante não só pra minha família, mas para o país, porque redimensiona o debate sobre a impunidade… Esse militar é responsável pela morte de mais de 40 pessoas e pela tortura de dezenas”, disse Janaína.

A decisão, ainda que em primeira instância, é histórica.

Dos países da América Latina infelicitados por ditaduras nos anos 60/70, o Brasil é o mais atrasado na punição aos torturadores.

“É um alívio enorme, um conforto muito grande tomar conhecimento dessa decisão! Sinto-me amparada pela sociedade Brasiliera”, disse Janaína.

Importante: a Família Teles não pedia indenização, mas sim o reconhecimento de que Ustra praticou um crime bárbaro.

O instrumento pra isso foi uma “ação declaratória ” na justiça de São Paulo, iniciada em 2006.

Segundo os advogados da Familia Teles, na sentença o juiz disse não haver provas suficientes de que Janaina (na época com 5 anos) e o irmão dela, Edson Luis (na época com 4 anos) também foram torturados…

“Tenho sequelas por ter sido levada pelos militares para o DOI-CODI, por ter visto meus pais naquela situação. Isso é óbvio. Gostaria que o juiz tivesse reconhecido isso. Mas, de todo jeito é uma grande vitória a decisão de hoje”, disse a historiadora.

Daqui a pouco, você terá mais informações nesse site, com detalhes da sentença e uma entrevista completa com Janaina de Almeda Teles.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags