Imprensa livre e independente
11 de julho de 2019, 23h13

Câmara aprova destaque da Previdência que corta pensão de viúvas

A proposta de garantir o direito a 100% do valor da pensão de viúvas e órfãos foi rejeirada pela Câmara nesta quinta. Atualmente, o benefício é integral e não pode ser menor a um salário mínimo. Segundo o texto aprovado pela Câmara, essa pensão pode ser de até 60% do valor que era recebido pela pessoa falecida

Votação da proposta da reforma da Previdência na Câmara (Luiz Macedo/Agência Câmara)
“Crueldade”. Essa foi a palavra usada pela deputada federal Erika Kokay (PT-DF), nesta quinta-feira (11), para descrever a vitória do governo em um dos destaques da reforma da Previdência, que acaba com o direito a 100% do valor da pensão de viúvas e órfãos. Atualmente, o benefício é integral e não pode ser menor a um salário mínimo. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo Segundo o texto aprovado pela Câmara, essa pensão pode ser de até 60% do valor que era recebido pela pessoa falecida, com um acréscimo de...

“Crueldade”. Essa foi a palavra usada pela deputada federal Erika Kokay (PT-DF), nesta quinta-feira (11), para descrever a vitória do governo em um dos destaques da reforma da Previdência, que acaba com o direito a 100% do valor da pensão de viúvas e órfãos. Atualmente, o benefício é integral e não pode ser menor a um salário mínimo.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Segundo o texto aprovado pela Câmara, essa pensão pode ser de até 60% do valor que era recebido pela pessoa falecida, com um acréscimo de 10% para cada dependente adicional.

Quem também foi voto vencido e lamentou o resultado pelo Twitter foi a deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP): “A criminosa reforma da previdência possibilita o rebaixamento do valor das pensões por morte para menos de 1 salário mínimo. As viúvas que recebem esse benefício não podem ser consideradas privilegiadas”.

Por sua vez, a deputada federal Natália Bonavides disse que “na continuidade do debate da previdência, Câmara aprova a proposta que permite que as pensões para viúvas e órfãos sejam de menos de um salário mínimo. #ReformaInjusta é pouco. Reforma destruidora. Reforma comprada”.

Veja também:  Tabata Amaral diz que sofre perseguição e que "extrema esquerda" estaria "enclausurada em suas amarras"

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum