Imprensa livre e independente
28 de janeiro de 2019, 19h31

Campo progressista se une e funda nesta semana o ‘Observatório da Democracia’

Fundações ligadas ao PT, PSOL, PDT, PSB, PCdoB, PROS e Solidariedade vêm costurando desde o ano passado a formação de um grupo de trabalho para monitorar e avaliar o governo Bolsonaro, que será lançado nesta quinta-feira (31) em Brasília

Reprodução
Será lançado oficialmente em Brasília, nesta quinta-feira (31), o Observatório da Democracia – um grupo de trabalho com representantes de partidos políticos que tem como objetivo monitorar e avaliar, na perspectiva de oposição, o governo de Jair Bolsonaro. Costurado pelas fundações Leonel Brizola – Alberto Pasqualini, do PDT; Lauro Campos, do PSOL; Maurício Grabois (PC do B); Perseu Abramo, do PT; Ordem Social do PROS; João Mangabeira (PSB) e 1º de Maio, do Solidariedade, o grupo vem se reunindo desde o segundo semestre do ano passado para discutir agendas em comum e maneiras de fazer oposição ao governo eleito. O Observatório...

Será lançado oficialmente em Brasília, nesta quinta-feira (31), o Observatório da Democracia – um grupo de trabalho com representantes de partidos políticos que tem como objetivo monitorar e avaliar, na perspectiva de oposição, o governo de Jair Bolsonaro.

Costurado pelas fundações Leonel Brizola – Alberto Pasqualini, do PDT; Lauro Campos, do PSOL; Maurício Grabois (PC do B); Perseu Abramo, do PT; Ordem Social do PROS; João Mangabeira (PSB) e 1º de Maio, do Solidariedade, o grupo vem se reunindo desde o segundo semestre do ano passado para discutir agendas em comum e maneiras de fazer oposição ao governo eleito.

O Observatório da Democracia será responsável por avaliar as políticas governamentais correspondentes a temas pré-definidos como “trabalho”, “pacto federativo”, “saúde” e “educação”, até questões como democracia e direitos da cidadania. Os resultados serão reportados em relatórios e tornados públicos em um canal na internet.

O ato público de lançamento do grupo de trabalho acontecerá às 17h, em Brasília, no centro de eventos Brasil 21.

Veja também:  Deputado Camilo defende Repartição Justa do orçamento público entre os poderes

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum