Imprensa livre e independente
12 de abril de 2017, 10h31

Canção de Paula Lima sobre assédio volta a bombar nas redes. Veja o clipe aqui

O sucesso parece ter sido feito sob encomenda como trilha sonora para o estrondoso caso de José Mayer, acusado de assédio pela figurinista da Globo Su Tonani. Da Redação A canção “Fiu Fiu”, de Pretinho da Serrinha, Gabriel Moura e Leandro Fab, gravada por Paula Lima no final de 2015, voltou a bombar nas redes. O sucesso parece ter sido feito sob encomenda como trilha sonora para o estrondoso caso de José Mayer, acusado de assédio pela figurinista da Globo Su Tonani. A letra de “Fiu Fiu” diz: Tá agindo errado man Fica vacilando a tôa Se chegar mandando bem...

O sucesso parece ter sido feito sob encomenda como trilha sonora para o estrondoso caso de José Mayer, acusado de assédio pela figurinista da Globo Su Tonani.

Da Redação

A canção “Fiu Fiu”, de Pretinho da Serrinha, Gabriel Moura e Leandro Fab, gravada por Paula Lima no final de 2015, voltou a bombar nas redes.

O sucesso parece ter sido feito sob encomenda como trilha sonora para o estrondoso caso de José Mayer, acusado de assédio pela figurinista da Globo Su Tonani.

A letra de “Fiu Fiu” diz:

Tá agindo errado man
Fica vacilando a tôa
Se chegar mandando bem
A gente fica numa boa

Se o batom é forte
Se eu tenho porte
Se eu tenho dote
Se eu uso short
Se comporte isso não é com você

Mas se chegar com jeito
Falando direito
Mantendo o respeito
Sobe no conceito
Tá perfeito a gente pode se entender

Fiu Fiu… isso não vai me ganhar
Sorriu… pode até me conquistar
Fiu Fiu… isso não vai me ganhar
Sorriu… pode até me conquistar”

Veja também:  #ReformaInjusta atinge topo dos assuntos do Twitter em tarde de votação da Previdência

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum