Imprensa livre e independente
12 de setembro de 2017, 12h13

Carina Vitral inicia nova fase na presidência da União da Juventude Socialista

“Está nas mãos da nossa geração reconquistar a democracia”, disse após sua vitória. Da Redação Entre domingo (10) e esta segunda-feira (11), a União da Juventude Socialista realizou uma Plenária Nacional que discutiu novos rumos para a entidade, analisando o atual cenário político do Brasil. O evento aconteceu na Universidade Zumbi dos Palmares, em São Paulo, e contou com a participação de jovens lideranças de todo o país. Depois dos debates, Carina Vitral foi eleita presidenta da UJS e se comprometeu com os novos desafios propostos pela plenária. “A juventude foi protagonista na resistência contra o golpe e contra os...

“Está nas mãos da nossa geração reconquistar a democracia”, disse após sua vitória.

Da Redação

Entre domingo (10) e esta segunda-feira (11), a União da Juventude Socialista realizou uma Plenária Nacional que discutiu novos rumos para a entidade, analisando o atual cenário político do Brasil. O evento aconteceu na Universidade Zumbi dos Palmares, em São Paulo, e contou com a participação de jovens lideranças de todo o país.

Depois dos debates, Carina Vitral foi eleita presidenta da UJS e se comprometeu com os novos desafios propostos pela plenária. “A juventude foi protagonista na resistência contra o golpe e contra os retrocessos. Está nas mãos da nossa geração reconquistar a democracia. A UJS como a principal organização de juventude vai estar na linha de frente dessa luta”, declarou Carina.

Entre os temas discutidos, a UJS falou sobre lançar jovens candidatos para as eleições de 2018, com novos projetos para reverter a atual situação do Brasil. Participaram do evento, a presidenta nacional do PCdoB e deputada federal Luciana Santos, e o ex-presidente da UJS e atual deputado, Orlando Silva.

Veja também:  Ministro britânico garante que Assange não será estraditado para país com pena de morte

Foto: Karla Boughoff/UJS Osasco

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum