Imprensa livre e independente
20 de junho de 2019, 15h36

Carlos Bolsonaro empregou, no Rio, parentes de madrasta que viviam em Minas

O vereador Carlos Bolsonaro empregou a madrasta, Ana Cristina Siqueira Valle, e sete parentes dela na Câmara do Rio de Janeiro. Alguns deles nunca moraram na cidade ou pisaram na Câmara. Essa não é a primeira vez que a família Bolsonaro

O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro responsável pelas redes sociais do pai, empregou a madrasta, Ana Cristina Siqueira Valle, e sete parentes dela na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Alguns deles nunca moraram no Rio nem pisaram na Câmara. Segundo matéria de Juliana Dal Piva e Juliana Castro, da Revista Época, constam como funcionários do gabinete do vereador sete familiares da ex-mulher de Jair Bolsonaro, Ana Cristina Siqueira Valle, além da própria. Alguns deles, no entanto, jamais passaram pela Câmara e ou até mesmo moraram no Rio de Janeiro. Marta Valle, cunhada de Ana Cristina, é um dos exemplos. A...

O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro responsável pelas redes sociais do pai, empregou a madrasta, Ana Cristina Siqueira Valle, e sete parentes dela na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Alguns deles nunca moraram no Rio nem pisaram na Câmara.

Segundo matéria de Juliana Dal Piva e Juliana Castro, da Revista Época, constam como funcionários do gabinete do vereador sete familiares da ex-mulher de Jair Bolsonaro, Ana Cristina Siqueira Valle, além da própria. Alguns deles, no entanto, jamais passaram pela Câmara e ou até mesmo moraram no Rio de Janeiro. Marta Valle, cunhada de Ana Cristina, é um dos exemplos.

A professora de educação infantil vive em Juiz de Fora, a 185 km da capital fluminense, e disse que nunca trabalhou com o filho do presidente, mas ficou sete anos e quatro meses lotada na função. “Não trabalhei em nenhum gabinete, não. Minha família lá que trabalhou, mas eu não”, disse ela. A Época ainda afirma que Marta é apenas um dos casos.

Veja também:  Proposta que proíbe cancelamento de bolsas de pesquisas avança na Câmara

A família Bolsonaro é alvo de outras denúncias parecidas, com nomeações suspeitas de parentes de Ana Cristina nos gabinete de Jair Bolsonaro (quando era deputado federal) e Flávio Bolsonaro (quando era deputado estadual).

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum