Imprensa livre e independente
06 de março de 2014, 16h37

Carnaval do Recife tem reflexão urbana

Neste ano, a “Troça Carnavalesca Mista Público-Privada Empatando a Tua Vista” levou reflexões sobre o modelo de desenvolvimento da cidade

Neste ano, a “Troça Carnavalesca Mista Público-Privada Empatando a Tua Vista” levou reflexões sobre o modelo de desenvolvimento da cidade Por Raquel Rolnik, em seu blog No Recife, a questão urbana inspirou a criação de uma nova troça carnavalesca. Integrantes do grupo Direitos Urbanos fundaram este ano a “Troça Carnavalesca Mista Público-Privada Empatando a Tua Vista”. Fantasiados de torres de edifícios, os participantes levam pro carnaval, com muito bom humor, discussões relacionadas ao modelo de desenvolvimento da cidade, à apropriação privada dos espaços, à verticalização e seus impactos na paisagem, na mobilidade, no patrimônio histórico-cultural, entre outros temas relacionados. Segundo...

Neste ano, a “Troça Carnavalesca Mista Público-Privada Empatando a Tua Vista” levou reflexões sobre o modelo de desenvolvimento da cidade

Por Raquel Rolnik, em seu blog

No Recife, a questão urbana inspirou a criação de uma nova troça carnavalesca. Integrantes do grupo Direitos Urbanos fundaram este ano a “Troça Carnavalesca Mista Público-Privada Empatando a Tua Vista”.

Fantasiados de torres de edifícios, os participantes levam pro carnaval, com muito bom humor, discussões relacionadas ao modelo de desenvolvimento da cidade, à apropriação privada dos espaços, à verticalização e seus impactos na paisagem, na mobilidade, no patrimônio histórico-cultural, entre outros temas relacionados.

Segundo Rudrigo, integrante da troça, a receptividade das pessoas tem sido ótima. “A repercussão tanto nos blocos e ações que temos participado, quanto nas redes sociais tem comprovado o êxito da escolha por essa abordagem mais lúdica e bem humorada, sem perder o forte caráter político e crítico.”.

Vejam abaixo algumas fotos recebidas por e-mail.

rr

 

rr2 rr3 rr4 rr5

Veja também:  As consequências para o mercado audiovisual com o fim da Ancine pelo governo Bolsonaro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum