Imprensa livre e independente
09 de abril de 2014, 15h09

CCJ do Senado aprova CPI com Metrô-SP e Suape

Se passar no plenário da Casa, trabalhos vão apurar, além da Petrobrás, denúncias sobre o Metrô de São Paulo e o porto de Suape (PE) Por Redação A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (9) a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) ampla para investigar a Petrobrás, o Metrô de São Paulo e o porto de Suape, em Pernambuco. A proposta aprovada foi a do relator Romero Jucá (PMDB-RR) e segue entendimento do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), que defendia investigação ampla e levou a questão à CCJ. O texto aprovado na...

Se passar no plenário da Casa, trabalhos vão apurar, além da Petrobrás, denúncias sobre o Metrô de São Paulo e o porto de Suape (PE)

Por Redação

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (9) a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) ampla para investigar a Petrobrás, o Metrô de São Paulo e o porto de Suape, em Pernambuco. A proposta aprovada foi a do relator Romero Jucá (PMDB-RR) e segue entendimento do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), que defendia investigação ampla e levou a questão à CCJ.

O texto aprovado na CCJ segue para o plenário do Senado e pode ser votado ainda nesta quarta. A oposição ao governo entrou terça-feira (8) com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) questionando a inclusão dos outros temas na investigação. O pedido será analisado pela ministra Rosa Weber. A oposição quer que a CPI apure exclusivamente denúncias contra a Petrobrás.

Para o senador Álvaro Dias (PSDB-PR), a decisão da CCJ é inócua e o que vale será a manifestação do STF. O governo tentará ainda derrubar a proposta de CPI exclusiva também no STF. A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) anunciou hoje que vai protocolar mandado de segurança no tribunal.

Veja também:  Moro no Senado: "Se houver irregularidade, eu saio do cargo"

A oposição quer investigar a compra, pela Petrobrás, da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), além de suspeitas de superfaturamento em contratos da estatal. Os parlamentares da base governista pretendem apurar denúncias de formação de cartel que atuou em licitações do Metrô paulista e obras no porto de Suape para a refinaria Abreu de Lima.

(Crédito da foto da capa: Valter Campanato/ABr)

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum