Imprensa livre e independente
22 de novembro de 2017, 15h58

Cega de um olho aguarda por cirurgia e médico afirma: “Vou operá-la quando eu quiser”

Ao ser questionado por repórter da TV Anhanguera dentro da unidade de saúde de Itumbiara, Goiás, Júlio César Leão ainda ofendeu a profissional.

Ao ser questionado por repórter da TV Anhanguera dentro da unidade de saúde de Itumbiara, Goiás, Júlio César Leão ainda ofendeu a profissional. Da Redação* Cirene de Souza, dona de casa cega do olho direito por conta de um glaucoma, espera na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) por uma cirurgia para não perder a visão do olho esquerdo, em Itumbiara, na região sul de Goiás. Questionado pela equipe de reportagem da TV Anhanguera sobre a demora do procedimento, o médico oftalmologista Júlio César Leão disse que só faria a operação no dia em que “quisesse”. Sem saber que...

Ao ser questionado por repórter da TV Anhanguera dentro da unidade de saúde de Itumbiara, Goiás, Júlio César Leão ainda ofendeu a profissional.

Da Redação*

Cirene de Souza, dona de casa cega do olho direito por conta de um glaucoma, espera na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) por uma cirurgia para não perder a visão do olho esquerdo, em Itumbiara, na região sul de Goiás. Questionado pela equipe de reportagem da TV Anhanguera sobre a demora do procedimento, o médico oftalmologista Júlio César Leão disse que só faria a operação no dia em que “quisesse”.

Sem saber que estava sendo gravado, o médico ainda ofendeu a repórter da emissora que acompanhava o caso. “Vocês ficam me aporrinhando, sabem que dia que eu vou operá-la? O dia que eu quiser. Sacou? Vai comer merda!”, disse o médico, enquanto joga o papel que estava segurando na mesa.

O caso ocorreu na tarde de terça-feira (21), no Instituto de Olhos de Itumbiara, clínica pertencente ao médico e credenciada ao Sistema Único de Saúde (SUS). Por telefone à TV Anhanguera, o médico negou a declaração.

Veja também:  Com Moro, Dallagnol festeja por não ter sofrido punição de Conselhos do MP e da Justiça por palestras

Cirene perdeu a visão do olho direito por conta de um glaucoma. Atualmente, ela aguarda para fazer uma cirurgia de urgência, para se livrar da catarata que ameaça o olho esquerdo. Ela só anda com a ajuda do marido, que sustenta a família com um salário mínimo. Além dela, outras 20 pessoas estão na fila de espera pelo procedimento. Depois das declarações ofensivas à equipe de reportagem, o médico disse que Cirene deve ser operada ainda este ano.

*Com informações do G1

Foto: TV Anhanguera/Reprodução

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum