Imprensa livre e independente
10 de junho de 2019, 18h27

Central de Movimentos Populares pede liberdade imediata para Lula

Após a revelação das irregularidades e conluio desse esquema criminoso que levou a condenação, prisão e impedimento de disputar a eleição de 2018, exigimos que o Supremo Tribunal Federal reconheça a inocência, anule a sentença e solte imediatamente o ex-presidente Lula, diz nota da CMP

Foto: Reprodução
A Central de Movimentos Populares (CMP) divulgou, nesta segunda-feira (10), uma nota sobre as novas evidências de que Lula está preso injustamente. A entidade pede a imediata liberdade para o ex-presidente. Vejam a íntegra da nota: Pela liberdade imediata do presidente Lula Diante de novas evidências de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está submetido a uma prisão arbitrária, com motivações políticas, a Central de Movimentos Populares (CMP) vem novamente a público manifestar-se pela liberdade imediata da maior liderança popular de nossa história. A reportagem publicada neste domingo (9/6), pelo portal “The Intercept”, traz provas da atuação conjunta...

A Central de Movimentos Populares (CMP) divulgou, nesta segunda-feira (10), uma nota sobre as novas evidências de que Lula está preso injustamente. A entidade pede a imediata liberdade para o ex-presidente.

Vejam a íntegra da nota:

Pela liberdade imediata do presidente Lula

Diante de novas evidências de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está submetido a uma prisão arbitrária, com motivações políticas, a Central de Movimentos Populares (CMP) vem novamente a público manifestar-se pela liberdade imediata da maior liderança popular de nossa história. A reportagem publicada neste domingo (9/6), pelo portal “The Intercept”, traz provas da atuação conjunta e politicamente organizada do ex-juiz Sérgio Moro e dos procuradores da Lava Jato na tentativa de criminalizar Lula e o Partido dos Trabalhadores, inclusive com interferência direta no processo eleitoral de 2018.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Após a revelação das irregularidades e conluio desse esquema criminoso que levou a condenação, prisão e impedimento de disputar a eleição de 2018, exigimos que o Supremo Tribunal Federal reconheça a inocência, anule a sentença e solte imediatamente o ex-presidente Lula.

Veja também:  "Apoio institucional" de Raquel Dodge não satisfaz Deltan Dallagnol e procuradores da Lava Jato

A defesa do presidente Lula já havia demonstrado, com provas, perante o sistema de justiça brasileiro e o Comitê de Direitos Humanos da ONU que houve atuação combinada entre os procuradores da Operação Lava Jato e o ex-juiz Sérgio Moro com objetivos pré-estabelecidos e motivação política para processar, condenar e retirar a liberdade de Lula.

Além de restabelecer a liberdade de Lula e seus direitos políticos, é fundamental a defesa dos direitos fundamentais no Brasil e a reafirmação do Estado Democrático de Direito como caminho para retomada do crescimento econômico, distribuição de renda, geração de emprego, políticas públicas e direitos sociais. Defendemos Lula Livre e a retomada de um projeto democrático-popular para o Brasil, o que passa por derrotar o governo Bolsonaro e reverter os retrocessos pós-golpe de 2016.

Conclamamos a militância dos movimentos, entidades filiadas à CMP e o conjunto da classe trabalhadora para, nessa sexta-feira (14), construirmos a Greve Geral, em defesa da previdência pública, da aposentadoria e de Lula Livre!

São Paulo, 10 de Junho de 2019.

Central de Movimentos Populares

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum