Imprensa livre e independente
03 de dezembro de 2018, 10h47

Cinco filhos de Bolsonaro poderão ter carro blindado e seguranças com verba pública

Flávio, Carlos e Eduardo - os três mais velhos, do primeiro casamento do capitão da reserva - estarão exercendo mandato legislativo e terão, ainda, direito a proteção das Casas nas quais trabalharão.

Reprodução/Instagram
Coluna de Andreza Mattais, na edição desta segunda-feira (3) do jornal O Estado de S.Paulo informa que os cinco filhos, dos três casamentos, do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), podem requerer, a partir de 2019, transporte em carros blindados e seguranças pagos com verba pública. Segundo a reportagem, como os três filhos mais velhos – Flávio, Carlos e Eduardo – estarão exercendo mandato legislativo, terão, ainda, direito a proteção das Casas nas quais trabalharão. Os filhos mais novos, Renan e Laura, e a primeira-dama, Michelle, ficarão a cargo do Gabinete de Segurança Institucional (GSI). O direito tem como base o...

Coluna de Andreza Mattais, na edição desta segunda-feira (3) do jornal O Estado de S.Paulo informa que os cinco filhos, dos três casamentos, do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), podem requerer, a partir de 2019, transporte em carros blindados e seguranças pagos com verba pública.

Segundo a reportagem, como os três filhos mais velhos – Flávio, Carlos e Eduardo – estarão exercendo mandato legislativo, terão, ainda, direito a proteção das Casas nas quais trabalharão. Os filhos mais novos, Renan e Laura, e a primeira-dama, Michelle, ficarão a cargo do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

O direito tem como base o Artigo 10 da Lei 13.502/17, que estabelece que cabe ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI) garantir a integridade do presidente, do vice e também de seus familiares. Os servidores que farão a segurança dos filhos de Bolsonaro terão cartão corporativo para pagamento de despesas.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Veja também:  Senador pró-armas que fez pergunta a Moro sobre Laura Tessler é o novo alvo de bolsonaristas

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum