Imprensa livre e independente
10 de julho de 2019, 12h16

Ciúmes? Proximidade entre Moro e Doria irrita Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro não têm gostado da aproximação entre Sérgio Moro e João Dória e já mandou o recado a Moro

Foto: Divulgação
A aproximação entre o ex-juiz federal e ministro da Justiça licenciado, Sérgio Moro, e o governador de São Paulo, João Dória, tem deixado o presidente Jair Bolsonaro com dores de cabeça. Segundo interlocutores, ele já teria dado o recado a Sérgio Moro e seus filhos estão de olho na briga. Segundo a colunista Bela Megale, do O Globo, o ápice da irritação do presidente foi quando o governador deu a Moro a medalha Ordem do Ipiranga, principal comenda de São Paulo, com direito a tapete vermelho e orquestra. Incomodado, Bolsonaro chamou o ministro da Justiça para conversar após o episódio e...

A aproximação entre o ex-juiz federal e ministro da Justiça licenciado, Sérgio Moro, e o governador de São Paulo, João Dória, tem deixado o presidente Jair Bolsonaro com dores de cabeça. Segundo interlocutores, ele já teria dado o recado a Sérgio Moro e seus filhos estão de olho na briga.

Segundo a colunista Bela Megale, do O Globo, o ápice da irritação do presidente foi quando o governador deu a Moro a medalha Ordem do Ipiranga, principal comenda de São Paulo, com direito a tapete vermelho e orquestra.

Incomodado, Bolsonaro chamou o ministro da Justiça para conversar após o episódio e seus filhos, comandantes dos exércitos virtuais bolsonaristas, já estão sabendo das rusgas.

Bolsonaro teme que essa aproximação ameace seus planos da presidência, já que ele considera Dória como principal adversário em 2022.

Veja também:  Mário Magalhães comemora recomendação de "Sobre lutas e lágrimas" feita por Lula

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum