Imprensa livre e independente
14 de junho de 2019, 06h42

Colunista da Folha, Clóvis Rossi morre aos 76 anos

Segundo a família, o jornalista esteve internado no Hospital Albert Einstein, entre a sexta-feira passada (7/6) e o dia de ontem (13/6), por causa de um problema no coração.

O jornalista Clovis Rossi (Arquivo)
Um dos jornalistas símbolo da Folha de São Paulo, Clóvis Rossi faleceu na madrugada desta sexta-feira (14), como consequência de um infarto. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo Segundo informação confirmada pelo jornalista Juca Kfouri, seu colega na Folha, e pela sua filha, Cláudia Rossi, o jornalista esteve internado no Hospital Albert Einstein, entre a sexta-feira passada (7) e o dia de ontem (13), por causa de um problema no coração. Rossi mantinha coluna na Folha de São Paulo há mais de vinte anos, além de ser membro do...

Um dos jornalistas símbolo da Folha de São Paulo, Clóvis Rossi faleceu na madrugada desta sexta-feira (14), como consequência de um infarto.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Segundo informação confirmada pelo jornalista Juca Kfouri, seu colega na Folha, e pela sua filha, Cláudia Rossi, o jornalista esteve internado no Hospital Albert Einstein, entre a sexta-feira passada (7) e o dia de ontem (13), por causa de um problema no coração.

Rossi mantinha coluna na Folha de São Paulo há mais de vinte anos, além de ser membro do conselho editorial do jornal e um dos jornalistas emblema dessa publicação. Também trabalhou em outros meios da grande mídia brasileira, como o Estado de São Paulo e o Jornal do Brasil.

Durante a sua carreira, Clóvis Rossi participou de coberturas importantes nos cinco continentes, nas quais se destacam as dos processos de transição das ditaduras à democracia, não só no Brasil como em países como Argentina, Chile, Uruguai, Espanha, Portugal, entre outros.

Veja também:  Vaza Jato: Reinaldo Azevedo promete divulgar diálogos inéditos de Moro e Dallagnol

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum