Alexandre Padilha

17 de abril de 2020, 15h46

Coronavírus: precisamos garantir o cuidado de quem cuida

"Não podemos deixar nossos guerreiros da saúde que estão na linha no combate a pandemia em tanto risco. O estado e os hospitais privados devem garantir proteção aos trabalhadores e trabalhadoras ou veremos cada dia mais eles adoecendo e morrendo tentando salvar a vida de todos"

coronavírus
Médicos em ação no Hospital Albert Einstein - Foto: Reprodução/YouTube

Temos no Brasil milhares de profissionais de saúde da rede pública e privada vítimas fatais do coronavírus. Também muitos que foram afastados por estarem infectados ou por fazerem parte do grupo de risco. A tensão com grau de exposição neste momento é grande e, por isso, o Ministério da Saúde junto com governos estaduais e municipais e os hospitais privados possuem responsabilidade muito grande na proteção dos seus profissionais de saúde.

Diante do que ocorria na China, o governo brasileiro deveria ter se preparado e planejado previamente para garantir mais equipamentos de proteção aos profissionais de saúde, ampliar a produção de materiais essenciais para o combate ao vírus e também abrir novos leitos de UTI.

Na Câmara dos Deputados a comissão que trata de ações de enfrentamento do coronavírus, que sou membro, o cuidado com os profissionais da saúde é uma das prioridades. Aprovamos um projeto de lei que isenta os impostos de fabricação de máscaras e equipamentos médicos e apresentamos outro projeto, que sou coautor, que busca a garantia da liberação o mais rápido possível de materiais, medicamentos, equipamentos e insumos para a proteção dos trabalhadores da área. Também pleiteamos que eles sejam priorizados na realização de testagem. O governo federal deve mobilizar a indústria para produção de máscaras e as universidades na fabricação de testes. Essas ações são fundamentais para proteção das vidas de médicos e enfermeiros e também dos pacientes.

Além da produção nacional brasileira desses itens de proteção, dependemos fortemente dos produtores internacionais, como a China. O governo chinês se organizou fortemente para ampliar a produção de máscaras e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para seus profissionais de saúde, tanto é que o país tem sido solidário ao enviar parte dessa produção para países do resto mundo.

As milhões de caixas de máscaras doadas pela China a Itália vinham com a frase na embalagem ” somos ondas do mesmo mar, folhas das mesmas árvores, flores do mesmo jardim”.  Tudo para tentar evitar que a crise sanitária e econômica se traduza em tragédia social e humanitária de proporções incalculáveis.

Também sou autor do projeto que garante indenização e pensão especial aos dependentes de trabalhadores de saúde vítimas fatais do COVID-19.

Não podemos deixar nossos guerreiros da saúde que estão na linha no combate a pandemia em tanto risco. O estado e os hospitais privados devem garantir proteção aos trabalhadores e trabalhadoras ou veremos cada dia mais eles adoecendo e morrendo tentando salvar a vida de todos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum