Carlos Minc

29 de abril de 2019, 16h43

O que precisaria de cura é a LGBTfobia

Em nova videocoluna, Carlos Minc elogia a medida da ministra Cármen Lúcia, do STF, que caçou uma decisão que autorizava a chamada “cura gay”

Foto: Reprodução

A causa contra os preconceitos e discriminações obteve uma grande vitória no Supremo. A ministra Cármen Lúcia, a pedido do Conselho Federal de Psicologia, caçou uma decisão de um juiz desavisado de Brasília, que autorizou a chamada “cura gay”.

Então agora ficou consagrado, como a Organização Mundial da Saúde já decidiu há mais de 20 anos: não há cura para o que doença não é.

Assista à videocoluna:

*Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião da Revista Fórum.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum