brasil vivo

por Célio Turino

18 de agosto de 2019, 11h57

O apelido de Bolsonaro no Peru, por Célio Turino

Celio Turino viajou ao Peru e descobriu que lá existe um pássaro que até os guias locais já associam a Bolsonaro por fazer um som estridente quando defeca; "O presidente de vocês não disse que o povo tem que cagar dia sim, dia não?"

Reprodução/Twitter

Histórias do Peru

Hoje estava caminhando por uma trilha, através da floresta seca, que atravessa o deserto norte do Peru, rumo às pirâmides de Túcume (são 26, de seis diferentes e sucessivas civilizações, em um período de mil e quinhentos anos).

É uma vegetação bem seca, com árvores que mais parecem arbustos, algo entre caatinga e cerrado.

De repente ouço um grunhido estridente, um som estranho, alto, desafinado, gerando desconforto aos ouvidos. Não associei ao canto de um pássaro.

O guia, percebendo meu estranhamento, logo diz:

– É o Bolsonaro!

E sorri.

Pergunto o motivo e ele explica:

– É o grunhido da Hurraca de pena Branca, ela canta assim quando caga, quando defeca. O presidente de vocês não disse que o povo tem que cagar dia sim, dia não? E vive falando besteira quando abre a boca, como se estivesse cagando?

Sério, essa é a imagem do presidente do Brasil mundo afora, contada por um guia bem informado e bem humorado, no deserto do Peru. De fato, o canto da Hurraca lembra o Bolsonaro dando entrevista e cagando pela boca.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum