brasil vivo

por Célio Turino

18 de agosto de 2019, 11h57

O apelido de Bolsonaro no Peru, por Célio Turino

Celio Turino viajou ao Peru e descobriu que lá existe um pássaro que até os guias locais já associam a Bolsonaro por fazer um som estridente quando defeca; "O presidente de vocês não disse que o povo tem que cagar dia sim, dia não?"

Reprodução/Twitter

Histórias do Peru

Hoje estava caminhando por uma trilha, através da floresta seca, que atravessa o deserto norte do Peru, rumo às pirâmides de Túcume (são 26, de seis diferentes e sucessivas civilizações, em um período de mil e quinhentos anos).

É uma vegetação bem seca, com árvores que mais parecem arbustos, algo entre caatinga e cerrado.

De repente ouço um grunhido estridente, um som estranho, alto, desafinado, gerando desconforto aos ouvidos. Não associei ao canto de um pássaro.

O guia, percebendo meu estranhamento, logo diz:

– É o Bolsonaro!

E sorri.

Pergunto o motivo e ele explica:

– É o grunhido da Hurraca de pena Branca, ela canta assim quando caga, quando defeca. O presidente de vocês não disse que o povo tem que cagar dia sim, dia não? E vive falando besteira quando abre a boca, como se estivesse cagando?

Sério, essa é a imagem do presidente do Brasil mundo afora, contada por um guia bem informado e bem humorado, no deserto do Peru. De fato, o canto da Hurraca lembra o Bolsonaro dando entrevista e cagando pela boca.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum