domingo, 20 set 2020
Publicidade

Poder das milícias está por trás do desabamento no Rio de Janeiro

Em nova videocoluna, Felipe Pena fala sobre os dois prédios que desabaram no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (12). Duas pessoas morreram, outras estão desaparecidas, o que pode aumentar o número de mortes. “Por trás desse desabamento está o controle total que as milícias têm na Zona Oeste do Rio de Janeiro, controle que já está se expandindo para boa parte da cidade”.

“Então, cabe perguntar: quem dá apoio a essas milícias? A gente vai esquecer que o deputado Flávio Bolsonaro, agora senador, homenageou diversos milicianos na Assembleia Legislativa? A gente vai esquecer que o Queiroz, o laranja da família Bolsonaro, é miliciano? A gente vai esquecer que o capitão que chefia o escritório do crime, que está foragido, teve a mulher e a sogra loteados no gabinete de Flávio Bolsonaro?”, questiona.

Assista à videocoluna:

*Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião da Revista Fórum.
Felipe Pena
Felipe Pena
Jornalista, psicólogo e professor da Universidade Federal Fluminense. Doutor em Literatura pela PUC, com pós-doutorado em Semiologia da Imagem pela Sorbonne III, foi visiting Scholar da New York University e professor visitante da Universidade de Salamanca. Autor de 16 livros, entre eles "Crônicas do Golpe" (Ed. Record, 2017) e "Fábrica de Diplomas" (Ed. Record, 2011), foi comentarista do Estúdio I na Globonews, diretor de análise de conteúdo da TV Globo, repórter da TV Manchete e apresentador do programa Viva Roda, no youtube. Faz conferências e palestras sobre telejornalismo, psicanálise, fake news e comunicação política, que são seus objetos de pesquisa.