domingo, 20 set 2020
Publicidade

Cartas do Pai: “1.300 vezes o Líbano”

Rio de Janeiro, 04 de Agosto de 2020.

Pai.

Quando começou esta pandemia, ouvimos do governo que eles estavam preocupados com a economia.

Alguns empresários, apoiadores deste governo, também repetiram este discurso, dizendo que se a economia fosse mal, pessoas iam morrer de fome, e que o isolamento ia causar isso tudo.

Quem prejudicou a economia na verdade foi este governo, expondo a vida das pessoas, e prolongando o isolamento, que poderia estar sendo relaxado agora, mas com segurança, se tivesse sido feito direito.

Como não foi feito, vai liberando com mais de mil mortes por dia, e sem ter socorrido os trabalhadores e as pequenas empresas. Mas deu 1.3 trilhões pros bancos.

A esquerda, sim, pensa na economia!

Para todos…

Já a direita só pensa no lucro dos mais ricos, tá nem aí pra economia do país.

Se o país quebrar e eles estiverem lucrando, eles estão contentes.

Está impressionado com a explosão que matou 74 e feriu 2,7 mil em Beirute?

As atitudes do Genocida do presidente mataram o equivalente a 1.300 explosões do Líbano!

Enquanto isso tudo acontece, os brasileiros mais ricos ficaram ainda mais ricos durante a pandemia.

E o povo?

O povo não interessa pra eles!

Um beijo do seu filho,

Ivan.

*Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião da Fórum

Ivan Cosenza de Souza
Ivan Cosenza de Souza
Cronista, produtor cultural, curador da obra de Henfil, seu pai, e presidente do Instituto Henfil. Escreve as Cartas do Pai para a Revista Fórum. Henfil veste Pela Esquerda. Camisa da Ursal à venda no link abaixo: