Ivan Cosenza de Souza

cartas do pai

14 de julho de 2020, 22h50

Cartas do Pai: “Colônia dos EUA”

Leia na coluna Cartas do Pai, de Ivan Cosenza: "Mesmo depois de tudo que passamos, com os governos militares lambendo as botas dos estadunidenses, ver um presidente brasileiro comemorando o dia da independência de outro país foi muito vergonhoso!"

Rio de Janeiro, 14 de Julho de 2020.

Pai.

No fim do ano retrasado tava todo mundo comentando que íamos fazer a passagem de 2018 pra 1964, com a eleição do abominável.

O que poucos sabiam é quem um ano depois, faríamos a passagem de 2019 (1964) pra 1500!

Definitivamente, voltamos a ser colônia, mas desta vez, oficialmente colônia dos EUA.

Mesmo depois de tudo que passamos, com os governos militares lambendo as botas dos estadunidenses, ver um presidente brasileiro comemorando o dia da independência de outro país foi muito vergonhoso!

Mas, depois do ainda candidato bater continência pra bandeira deles, não foi nenhuma surpresa.

O Brasil colônia vai indo atrás dos EUA até nas maluquices do presidente de lá. Seguindo também o numero de vítimas da pandemia, com a insistência dos dois presidentes no uso da cloroquina, já descartada em quase todos os países por cientistas e médicos.

Colônia até na morte!

Tentando fazer até o que eles fizeram com os índios de lá. Dizimando, como o Bozo já havia elogiado, dizendo que deveria ter sido feito o mesmo por aqui.

Só que em vez de armas, ele tá distribuindo cloroquina para eles, como denunciado por vários líderes indígenas.

Já a vacina, tão sonhada por todo o mundo, ironicamente pode vir da Rússia, que está em fase avançada de testes. Podendo ser distribuída ainda este ano!

Só espero que a vacina da COVID seja no braço.

Porque em 2020, na bunda, ninguém aguenta tomar mais!

Um beijo do seu filho,
Ivan.

*Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião da Fórum


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum