Ivan Cosenza de Souza

cartas do pai

09 de outubro de 2019, 12h52

Cartas do Pai: “Dia do Nordestino”

Este novo governo quer massacrar o nordestino novamente, quer a volta da seca e da morte, só porque teve poucos votos por lá

Foto: Reprodução

Rio de Janeiro, 9 de outubro de 2019.

Pai.

Você criou muitos personagens na sua vida. Criou os Fradinhos, os mascotes dos times de futebol do Rio de Janeiro, o Ubaldo (o Paranoico), o Cabôco Mamadô, o Tamanduá e até um personagem pra mim, o “Sapo Ivan”, em historinhas que me contava quando eu era criança.

Mas os personagens que eu me lembrei ontem foram os da turma da Caatinga. Zeferino, Bode Orelana e Graúna contavam o dia a dia do povo brasileiro, representado por estes três nordestinos, que mostravam as diferenças entre o Nordeste, esquecido pela ditadura militar, enquanto investiam tudo que podiam no “Sul-maravilha”.

A seca castigava o povo nordestino, que morria de fome e de sede, obrigando a sair de suas casas para tentar a sorte por aqui, e poder mandar um pouco de dinheiro para sua família.

Ainda no governo FHC, em capa de revistas, mostravam crianças sendo obrigadas a comer calango, enquanto ele liberava bilhões de reais para os banqueiros.

Aí, veio um governo que começou a tratar o Nordeste como parte do Brasil, veio a transposição do Rio São Francisco e investimentos que nunca foram feitos.

Com água, oportunidades e universidades, o Nordeste começou a voltar para o Nordeste. Eles podiam voltar para casa e dar uma vida digna para suas famílias.

Agora, este novo governo quer massacrar o nordestino novamente.

Acredita que eles desligaram parte da irrigação da transposição?

Querem a volta da seca e da morte, só porque tiveram poucos votos por lá.

Ontem foi Dia do Nordestino, pai. O Nordeste merece um governo que trate o com dignidade.

Um governo que trate o nordestino como brasileiro novamente.

Um beijo do seu filho,

Ivan

*Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião da Revista Fórum.

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum