João Vicente Goulart

  • Impeachment em tempos de cloroquina

    “O capitão presidente já não governa e, no palco de paladino, não faz mais do que vociferar contra tudo e contra todos”, diz João Vicente Goulart, em novo artigo

  • Coronavírus: a revolução dos céus

    Leia na coluna de João Vicente Goulart: A revolução se instalará trazendo um novo sentimento, de mudanças profundas, espirituais, metafísicas, existenciais e coletivas para se conviver em sociedade. Tudo por uma força, até agora desconhecida

  • Itamaraty, a republiqueta do Beato Salú

    “Em diplomacia, não adianta truculências nem telefonemas, pois as palavras no mundo de relações internacionais são entendidas como sinais políticos, não como discursos eleitoreiros, nem dirigidos a grupos ou falanges”, diz João Vicente Goulart

  • Tá de boa? Comunismo sim, por que não?

    João Vicente Goulart: “Queremos um Brasil com mais equidade, com mais comunhão, mais coletivo, comunitariamente de todos, com mais justiça, sem opressão e com idênticas oportunidades para todos”

  • Memoriais em Brasília: política de conveniência

    João Vicente Goulart, em sua coluna na Fórum, protesta contra a cassação do Memorial da Liberdade e Democracia Presidente João Goulart e a liberação do Memorial da Bíblia no mesmo local

  • Feche a boca, general, o Brasil não é uma autocracia

    João Vicente Goulart, em novo artigo, rebate ameaças do general Villas Bôas ao STF: “Sua palavra vem ao encontro de um governo autocrático, que traz no seu bojo os velhos cacoetes da prepotência, do pau de arara e da censura”

  • Estado de Sítio, o próximo estágio

    João Vicente Goulart: “Como Goebells ensinou, toda mentira repetida várias vezes, torna-se verdade, principalmente no governo Bolsonaro”

  • Acordo Mercosul: o balão furado que a mídia não mostra

    João Vicente Goulart: “Basta, brasileiros, de sermos bombardeados por essa mídia esconde-esconde, que não mostra a verdadeira consequência de um acordo firmado às pressas e sem conhecimento dos parlamentos que representam os povos que integram o Mercosul”

  • As armas e o coice do petiço

    João Vicente Goulart: “É hora de diálogo, não de coices, seja com murros na mesa ou por decretos, que a Constituição não permite”

  • Contra a égide do totalitarismo, o amor pelo Brasil

    João Vicente Goulart, sobre o governo Bolsonaro: “A identificação do Estado totalitário, com a prática do discurso de ódio, que pretende espelhá-lo aos cidadãos, nos lembra o fascismo italiano ou o nazismo alemão”

  • O confessionário das trevas no Brasil de Bolsonaro

    Em sua coluna na Fórum, João Vicente Goulart conta histórias de torturadores da ditadura militar que foram homenageados em sessão de cinema na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

    • 1
    • 2