Manoel Herzog

15 de agosto de 2019, 22h55

O proletário desnorteado que foi à indigência

Manoel Herzog recomenda o romance "Desnorteio", de Paula Fabrio, “autora fundamental para se compreender a literatura brasileira contemporânea”


+ posts

14 de junho de 2019, 15h49

O álbum “TerraMar”, de Julinho Bittencourt, por Manoel Herzog

“Terra Mar” é exatamente isso que o nome reivindica, a fusão de duas forças antagônicas que geram a cultura de uma nação, a recepção da cultura de fora e sua ingestão antropofágica e regurgitada como Brasil


08 de junho de 2019, 08h25

A Paraíba desconstruindo a pauta de gênero, por Manoel Herzog

Na Paraíba vive uma dupla improvável, Roberto Menezes, escritor e físico nuclear de profissão, e Maria Valéria Resende, santista de nascimento, escritora e freira agostiniana de profissão


30 de maio de 2019, 06h00

RIP, Gabriel Diniz, por Manoel Herzog

A heroína Jenifer é levemente obesa, o que também desconstrói todo um império da beleza fitness inculcado a fórceps no imaginário popular. Jenifer é música de resistência, cantada com humor, com sabedoria, pelo jovem artista que tão precocemente nos deixou


23 de maio de 2019, 06h00

Nobel da Paz para Lula, e de Literatura para Chico Buarque

O Brasil que ecoa o Português é um perigo pra hegemonia americana, é preciso golpeá-lo, calá-lo, impor-lhe um governo pulha e antipoético através de um conchavo com as seculares elites e o lumpesinato inculto


10 de maio de 2019, 06h00

Os Sertões

Uma nota curiosa sobre Lula & Canudos: um dos juízes que convalidou a absurda sentença condenatória é descendente direto de um dos generais que comandou o massacre de Canudos


26 de abril de 2019, 06h00

Maior que o mundo, de Reinaldo Moraes

Manoel Herzog comenta “Maior que o mundo”, novo romance de Reinaldo Moraes, o autor de “Pornopopeia”


05 de abril de 2019, 06h00

Sigo ouvindo Nana Caymmi, mas autógrafo é que não peço

A persona de um grande artista é muito, infinitamente maior que sua pessoa física, tão comezinha, tão humana e falha


27 de março de 2019, 06h00

As boas histórias estão de volta

O livro "Quatro Velhos", de Luiz Biajoni, me acendeu a certeza de que as boas histórias voltam a ser contadas, com singeleza, com humildade quase, como se fosse possível um mestre parecer humilde em sua grandiosidade


08 de março de 2019, 06h19

Ilíada tupiniquim

Talvez daqui a uns anos a Globo faça uma bela minissérie contando do heroísmo dos democratas nestes anos de chumbo, laranjas, arminhas, xixi e dedo no rabo


21 de fevereiro de 2019, 23h29

A Poeta do Essencial, por Manoel Herzog

Manuel Herzog comenta o livro de poemas Quarta Camada de Pele, de Mariana Teixeira que, segundo ele, tem obtido resultados cada vez mais apurados na arte de dizer o tudo com o mínimo


26 de janeiro de 2019, 15h03

Fábula Romana, por Manoel Herzog

Foi no reinado de Cardoso Calígula, um grande filho duma puta, que se resolveu vender a preço de banana (fruta até então desconhecida) o Vesúvio