Manoel Herzog

18 de agosto de 2018, 11h37

HÉRCULES – A vida terrena de um herói

O Brasil está fedendo em praça pública mundial. Mantém seu Hércules preso, e o fato dele ser filho de Zeus não o torna imune a sua ciumenta madrasta, que na Grécia se chamou Hera e aqui se chama Elite. Por Manoel Herzog

Hércules enfrenta o leão da Neméia

Por Manoel Herzog*

A Hércules foram designados, para se consolidasse o maior herói dos tempos, doze trabalhos hercúleos que, aliás, ganharam o epíteto de hercúleos graças a ele.

Destes doze, o quinto trazia uma dificuldade especial; limpar os estábulos do rei Áugias era uma tarefa que, além de exigir força, implicava em se sujar. E é da natureza dos heróis sair limpo das batalhas. Os imensos rebanhos de Áugias produziam absurda quantidade de esterco. Era acima de tudo, aquele trabalho, uma metáfora política: não há como limpar tanta merda sem sair sujo, salvo com a inteligência de um grande líder, um herói. Foi assim que Hércules desviou o curso de um rio para dentro dos estábulos, lavando séculos de excremento sem se expor à imundícia.

O Brasil acumula cinco séculos de excremento. Em treze anos mexeu-se de maneira responsável nisso mas, como se sabe, quanto mais se mexe mais fede. O golpe de retorno viria inevitável, e veio, e está aí. Há muito esterco encracado. Há candidatos representando o esterco, o preconceito, a ignorância, a boçalidade, a violência. A exploração do homem pelo homem. A ganância. O Brasil está fedendo em praça pública mundial. Mantém seu Hércules preso, e o fato dele ser filho de Zeus não o torna imune a sua ciumenta madrasta, que na Grécia se chamou Hera e aqui se chama Elite.

O país está fedendo pro mundo civilizado, pra ONU, pra Igreja, pros pacifistas, pros democratas, todos que defendem a liberdade. Lula já mudou o curso do Rio São Francisco. Há um forte odor de merda na atmosfera, mas eu acho que o curso de um rio não volta nunca pra trás. O destino da nação brasileira é superar, e levar nas águas, pro mar longínquo, todo esse excremento, pro país retomar sua vocação de arte e engenho, e cumprir o destino de uma grande nação. Lula cumpriu seus doze trabalhos. Talvez seja imolado nas mãos do centauro malvado, meio gente meio Besta, mas o Olimpo lhe pertence. É o grande herói do Brasil.

 

*Manoel Herzog, escritor brasileiro, nasceu em santos em 1964. Formado em Direito, depois do golpe, o único fórum onde tem prazer de entrar é nesta revista.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum