Proteja-se da Covid-19 e vote!

Na maior tragédia humana enfrentada pelo Brasil até hoje, que já infectou mais 5 milhões de brasileiros e levou à morte cerca de 162 mil pessoas, é grande o consenso entre a população de que os impactos causados pela Covid-19 seriam muito mais fortes se não contássemos com o SUS.

O primeiro turno das eleições municipais está logo aí e em pouco tempo iremos eleger novos prefeitos(as) e vereadores(as) para nossas cidades. É importante que tenhamos a consciência de escolher candidatos e candidatas que tenham propostas que atendam às necessidades e demandas trazidas pela população.

O exercício do nosso direito de voto neste cenário de pandemia da Covid-19, que ainda enfrentamos, deve ser realizado de maneira responsável, seguindo todos os protocolos apresentados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no Plano de Segurança Sanitária para as Eleições Municipais de 2020, para que a votação seja feita de maneira ágil e segura.

Por isso, o uso de máscara é obrigatório durante toda permanência no local de votação, não sendo permitida a retirada em momento algum. Mesários receberão máscaras, proteção facial e álcool em gel para proteção individual. Eleitores e mesários devem ficar atentos ao distanciamento de um metro e meio. A utilização da substância esterilizante deverá ser feita antes e depois de votar. A biometria está suspensa e levar canetas de casa para assinar o caderno de votação também é importante. Além disso, o horário de votação foi ampliado e será das 7h às 17h, dando preferência aos eleitores maiores de 60, que deverão comparecer, se possível, claro, às seções eleitorais entre 7h e 10h.

Na maior tragédia humana enfrentada pelo Brasil até hoje, que já infectou mais 5 milhões de brasileiros e levou à morte cerca de 162 mil pessoas, é grande o consenso entre a população de que os impactos causados pela Covid-19 seriam muito mais fortes se não contássemos com o SUS, apesar de todos os problemas que ele enfrenta.

Na pandemia da Covid-19 ficou mais evidente a preocupação da população com a área da saúde e o que temos visto é que a sociedade espera dos novos eleitos um compromisso profundo com o fortalecimento da saúde pública, além de políticas municipais coordenadas com ações que garantam que as cidades estejam livres do novo coronavírus.

Para isso, são necessários mais incentivos para o acompanhamento de todas as famílias por uma equipe do programa Estratégia Saúde da Família, monitorando casos suspeitos e confirmados de pessoas em situação de rua, que devem ser acolhidas pelos profissionais do Consultório na Rua.

As escolas devem possuir estrutura necessária para evitar a contaminação. Todos os trabalhadores precisam ter a garantia de estarem protegidos no seu ambiente laboral, assim como nos locais públicos faz-se necessária a instalação de pontos de higienização de mãos. Aos jovens devem ser asseguradas bolsas para garantia de renda e qualificação profissional, da mesma forma que programas de melhoria na qualidade de atendimento da população nos serviços públicos e nas atividades culturais, que precisarão ser readaptadas para o período de distanciamento social, através de programas de incentivo e custeio à produção cultural local. É importante assegurar também o funcionamento de todos os serviços de saúde, inclusive os que foram criados durante a própria pandemia.

Nesta longa batalha de combate à Covid-19, é fundamental que optemos por candidatos que defendam a vida das pessoas e tenham a consciência de que os efeitos da crise sanitária ainda se perpetuarão em 2021 nas cidades brasileiras.

Avatar de Alexandre Padilha

Alexandre Padilha

Médico, professor universitário e deputado federal eleito pelo PT-SP. Criador do Mais Médicos, ministro da Coordenação Política de Lula e da Saúde de Dilma e secretário da gestão Haddad. É colunista da Revista Fórum.
Contato: www.padilhando.com.br

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR