Raphael Silva Fagundes

14 de fevereiro de 2020, 00h00

E se o dinheiro recuperado pela Lava Jato estiver bancando o fascismo?

Leia na coluna de Raphael Fagundes: “O fato é que parece até que o dinheiro sujo da corrupção nem voltou para os cofres públicos, pois não vimos nenhuma mudança substancial na vida do cidadão”

Procuradores da Lava Jato - Foto: Ascom PR/RJ

Para onde foi o dinheiro recuperado das investigações realizadas pela Lava Jato? Disseram que, ainda em 2017, parte dos R$ 320 milhões recuperados durante a investigação de esquema de corrupção envolvendo o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, foi destinada para pagar milhares de servidores que recebiam salários de até R$ 3,2 mil. 

Alguns afirmaram que foram mandados R$ 44 milhões por estado em 2018 e R$ 3 milhões por estado em 2019 para a manutenção de presídios e – pasmem! – R$ 1 bilhão para ações de proteção do meio ambiente. (1).

O senador Alessandro Vieira disse, em entrevista à Veja, que Abraham Weintraub não sabe explicar por que não conseguiu aplicar R$ 1 bi recuperado pela Lava Jato destinado à Educação. O governador Wilson Witzel disse que irá investir R$ 1 bi no metrô do Rio com o dinheiro oriundo da investigação.

Tudo isso é questionável pelo fato de que até agora não sentimos nenhuma diferença na vida real do cidadão. Será que esse dinheiro foi (ou será) realmente investido em tudo isso?

Se estamos em crise, de onde vem o dinheiro que o governo Bolsonaro usou para comprar os parlamentares que votaram em suas propostas no Congresso? Libera-se tanto dinheiro em emendas parlamentares, de onde ele vem?

Será que Moro controlou a Lava Jato para angariar dinheiro e bancar o projeto fascista neoliberal no Brasil? O projeto de ampliar o poderio norte-americano por aqui foi financiado por nós mesmos, de modo que, desta vez, o imperialismo não precisou bancar nada.

Pode ser absurdo, mas totalmente plausível. O dinheiro da Lava Jato pode estar sendo canalizado para financiar a venda das reservas nacionais e das empresas estatais para o mercado financeiro. As pessoas estão mais preocupadas em ver os culpados punidos do que com o destino do dinheiro resgatado. É a cultura da punição propositalmente estimulada pelo Estado.

O fato é que parece até que o dinheiro sujo da corrupção nem voltou para os cofres públicos, pois não vimos nenhuma mudança substancial na vida do cidadão depois de quase seis anos de operação. Pelo contrário, vimos o aumento das queimadas, um desastre carcerário, a educação cheia de problemas, aumento da pobreza etc.

Se o dinheiro recuperado não foi para nenhum desses setores, para onde ele foi? Se o governo está sem dinheiro, quem está pagando pelos votos dos parlamentares e pelo aumento do salário dos militares?

(1)https://www.google.com/amp/s/ultimosegundo.ig.com.br/politica/2019-09-20/de-metro-a-presidio-veja-projetos-que-ja-pediram-dinheiro-devolvido-a-lava-jato.html.amp

*Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião da Revista Fórum


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum