Imprensa livre e independente
05 de fevereiro de 2019, 14h41

Com gabinete de quatro feministas, Câmara ganha corredor Marielle Franco: “a gente não chegou pra ficar calada”

"Viva o corredor Marielle Franco!", tuitou Talíria Petrone (PSol/RJ), referindo-se aos gabinetes das colegas Áurea Carolina (MG), Sâmia Bomfim (SP), Fernanda Melchionna (RS), além da veterana Luiza Erundina (SP), que também está instalada no mesmo andar

Corredor Marielle Franco (Reprodução/Twitter Talíria Petrone)
A memória e a luta da vereadora Marielle Franco (PSol), brutalmente assassinada em março do ano passado, chegou à Câmara dos Deputados e ganhou um corredor para dar voz aos projetos propostos por ela, agora na esfera federal. Nesta terça-feira (5), a deputada Talíria Petrone (PSol/RJ) divulgou uma foto que mostra os gabinetes de quatro mulheres parlamentares feministas lado a lado. O corredor ganhou o nome da vereadora do PSol. “Assim está o sexto andar aqui na Câmara dos Deputados. Somos quatro gabinetes feministas vizinhos (o nosso, da @aureacarolinax, da @samiabomfim e da @fernandapsol), além da @luizaerundina no mesmo andar....

A memória e a luta da vereadora Marielle Franco (PSol), brutalmente assassinada em março do ano passado, chegou à Câmara dos Deputados e ganhou um corredor para dar voz aos projetos propostos por ela, agora na esfera federal.

Nesta terça-feira (5), a deputada Talíria Petrone (PSol/RJ) divulgou uma foto que mostra os gabinetes de quatro mulheres parlamentares feministas lado a lado. O corredor ganhou o nome da vereadora do PSol.

“Assim está o sexto andar aqui na Câmara dos Deputados. Somos quatro gabinetes feministas vizinhos (o nosso, da @aureacarolinax, da @samiabomfim e da @fernandapsol), além da @luizaerundina no mesmo andar. A gente não chegou pra ficar calada. Viva o corredor Marielle Franco!”, tuitou Talíria, referindo-se aos gabinetes das colegas Áurea Carolina (PSol/MG), Sâmia Bomfim (PSol/SP), Fernanda Melchionna (PSol/RS), além da veterana Luiza Erundina (PSol/SP).

“Os mandatos das parlamentares do PSOL terão a marca unitária da luta por Justiça por Marielle e Anderson (Gomes, motorista que foi assassinado com Marielle). A cara da nossa resistência é negra, LGBT, da periferia e das mulheres. Ter um corredor Marielle Franco no Congresso Nacional é uma forma de mostrar que as lutas dela seguem vivas”, disse Fernanda à coluna da jornalista Kelly Matos, da Rádio Gaúcha.

Veja também:  Bolsonaro volta a criticar Inpe por dados sobre desmatamento: "propaganda negativa"

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum