Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de julho de 2019, 14h35

Ao defender liberdade de imprensa, Jair Bolsonaro volta a atacar a imprensa

O atual presidente precisou apenas de 500 caracteres e dois tuítes para se contradizer

Foto: Wikimedia Commons

Menos de 24 horas de ser criticado pelas falsidades que utilizou no ataque à jornalista Miriam Leitão – com direito até a uma nota de repúdio lida ao vivo no Jornal Nacional – Jair Bolsonaro foi ao Twitter para reafirmar seu compromisso com a liberdade de imprensa. E no processo, ele voltou a atacar a imprensa.

Bastaram 500 caracteres e dois tuítes para ele, mais uma vez, mostrar uma das principais marcas do seu governo: a contradição. Para o capitão da reserva, a imprensa brasileira “contamina a informação e gera desinformação”.

Como se não bastasse, o presidente ainda aproveitou para atacar o PT em seu post sobre “liberdade”.

Leia abaixo o desabafo presidencial:

– Não adianta a imprensa me pintar como seu inimigo. Nenhum presidente recebeu tanto jornalista no Planalto quanto eu, mesmo que só tenham usado dessa boa vontade para distorcer minhas palavras, mudar e agir de má fé ao invés de reproduzir a realidade dos fatos

– Sempre defendi liberdade de imprensa, mesmo consciente do papel político-ideológico atual de sua maior parte, contrário aos interesses dos brasileiros, que contamina a informação e gera desinformação. No fundo, morrem de saudades do PT.

Veja também:  A mesa jeca da conja, por Ana Zappa

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum