Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de janeiro de 2020, 16h42

Augusto Nunes comenta sobre agressão a Glenn e afirma que “faria tudo outra vez”

"Eu lamentei muito não estar em ótima forma física porque eu já queria pegar no meio", disse ainda o comentarista sobre o episódio em que desferiu um tapa contra o editor do The Intercept Brasil

Foto: Reprodução

O jornalista Augusto Nunes, da rádio Jovem Pan, declarou nesta terça-feira (7) não se arrepender da agressão contra o jornalista Glenn Greenwald, durante participação do editor do The Intercept Brasil em entrevista em programa da rádio. Ele ainda disse que em “nenhum momento” quis se desculpar.

“Eu faria tudo outra vez e queria aproveitar a oportunidade para deixar claro que eu escrevi aquela carta de explicações [somente] para os meus amigos. Em nenhum momento você lê [na carta], qualquer palavra parecida com ‘desculpa’. Não peço desculpas, não tenho desculpas a pedir”, afirmou Nunes durante entrevista ao jornalista Marcos Rocha, do portal bolsonarista Conexão Política.

Ele ainda lamentou não estar “em ótima forma física”. “Quando ele me chamou de covarde pela quinta vez, eu lamentei muito não estar em ótima forma física porque eu já queria pegar no meio, uma primeira pancada, para ele sossegar, mas tive a sorte que o pessoal apartou […] Ele [Glenn] levou o que ele sempre mereceu. Um tabefe. É o que pode haver de mais desmoralizante para um homem”, declarou.

Em novembro, Augusto Nunes foi chamado por Glenn Greenwald de covarde no programa Pânico por ter usado os filhos dele e do deputado David Miranda (PSol-RJ) para criticá-lo. Nunes então desferiu um tapa no rosto do jornalista e, depois disso, afirmou que não se arrependeu da agressão.

Na ocasião, o entrevistador de Nunes, Marcos Rocha, publicou uma série de mensagens exaltando a agressão. “100% mais fã do Augusto Nunes e FODA-SE!”, disse.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum