Entrevista exclusiva com Lula
29 de novembro de 2019, 09h23

Chico Pinheiro é impedido de apresentar telejornal sozinho em meio a desgaste com a direção da Globo

Relação do apresentador com a cúpula da emissora se desgastou desde que ele encerrou o Jornal Nacional com um "saravá" no Dia Nacional do Samba. Gota d'água, porém, foi quando circulou nas redes um áudio em que Chico Pinheiro criticava duramente a prisão de Lula

Chico Pinheiro (Foto: Reprodução/TV Globo)

Sofrendo um processo de desgaste há dois anos com a cúpula da Globo, o jornalista e apresentador do Bom Dia Brasil, Chico Pinheiro, enfatizou sua volta ao entrar em férias no dia 11 de outubro. “Três semanas [de férias] pra vocês terem uma pausa de Chico Pinheiro. Mas eu volto”, disse.

Segundo o jornalista Daniel Castro, do blog Notícias da TV, a Globo tem impedido que Chico Pinheiro apresente o telejornal sozinho e já vem trabalhando com a hipótese de ter apenas um apresentador no matutino, em que o jornalista veterano divide a bancada com Ana Paula Araújo.

Ana Paula, que nos bastidores não conversa com Chico, teria a preferência da cúpula da emissora. Ela já apresenta o telejornal sozinha na ausência de Chico, que sempre tem companhia de colegas nas férias. Indagada sobre a questão, a Globo não respondeu ao jornalista do site.

O desgaste de Chico Pinheiro junto à cúpula da Globo teria começado em 2017, quando o apresentador encerrou o Jornal Nacional com um “saravá” no Dia Nacional do Samba. No Carnaval de 2018, ele teria sido novamente enquadrado ao citar a frase “tem que manter isso, viu”, de Michel Temer na conversa grampeada por Joesley Batista.

A gota d’água, no entanto, teria sido o encerramento em tom fúnebre do Jornal Nacional no dia da prisão do ex-presidente Lula. Dias depois, quando circulava nas redes um áudio em que Chico Pinheiro defendia Lula e criticava sua prisão, o diretor-geral de Jornalismo da Globo, Ali Kamel, distribuiu um comunicado determinando a todos os jornalistas da casa que “não se pode expressar essas preferências [políticas e partidárias] publicamente nas redes sociais, mesmo aquelas voltadas para grupos de supostos amigos”.

A norma, no entanto, só é seguida quando os comentários são positivos ou favorecem ao ex-presidente Lula.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum