Entrevista exclusiva com Lula
05 de setembro de 2019, 10h35

CNN internacional se nega a veicular propaganda mentirosa de Bolsonaro sobre a Amazônia: “Viés político”

Na propaganda, o governo nega o aumento das queimadas no bioma e alega que deverá se proteger de reações geradas pela repercussão dos incêndios

Cena da propaganda de Bolsonaro sobre a Amazônia. (Foto: Reprodução)

A CNN Internacional se recusou a veicular na Europa uma propaganda do governo de Jair Bolsonaro (PSL) sobre a Amazônia. No vídeo, o governo nega o aumento das queimadas no bioma e alega que deverá se proteger das reações por conta da repercussão gerada pelos incêndios. Segundo a coluna da Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo, a emissora considerou que a campanha tinha viés político por usar a palavra “soberania” nas peças publicitárias.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

O objetivo da Secretaria de Comunicação do governo de Bolsonaro era veicular a propaganda em órgãos de mídia do mundo todo. No entanto, a CNN deverá divulgar o vídeo apenas nos Estados Unidos, alegando que tomou a decisão baseada em diretrizes internacionais e que pretende, com isso, se proteger de reações políticas e legais.

Para o secretário da Secom, Fábio Wajngarten, a decisão é uma “censura por parte da CNN internacional, emissora que se diz a favor da democracia”. Ainda segundo ele, a decisão da CNN engloba a restrição apenas à sua programação na Europa e em outros continentes, devendo ser liberada para os Estad0s Unidos e o Brasil.

O veto da CNN à propaganda do Brasil vem na esteira de diversos conflitos envolvendo o presidente Bolsonaro e Emmanuel Macron, da França. Em novas cutucadas, o presidente disse, na terça (3), que agradecerá Macron por “ter feito o Brasil conhecer a Amazônia e suas riquezas”. Desde a reunião do G7 os dois governantes trocam insultos por Bolsonaro ignorar dados de desmatamento e incêndios no bioma, enquanto a França e diversos veículos internacionais batem de frente com as falas do presidente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum