Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de dezembro de 2019, 20h21

Contestado pela esposa, testamento de Gugu Liberato deixa pensão vitalícia de R$ 100 mil para a mãe

O documento, registrado em 2011, deixa 90% da fortuna para os três filhos de Gugu, que serão responsáveis pela pensão à avó. O restante será dividido entre os sobrinhos

Gugu Liberato (Foto: Twitter)

Contestado pela esposa, Rose Di Matteo, o testamento do apresentador da TV Record, Gugu Liberato, determina o recebimento de pensão mensal vitalícia de mais de R$ 100 mil à mãe, Maria do Céu Liberato, além do direito de usufruir da sua propriedade em Alphaville.

Os responsáveis pelo pagamento da pensão são os herdeiros definidos pelo documento. Gugu deixou como herdeiros seus três filhos e cinco sobrinhos, mas determinou que esses deveriam pagar pensão vitalícia à mãe do apresentador, de 90 anos.

Segundo Mônica Bergamo, colunista da Folha de S. Paulo, o documento, registrado em 2011, deixa 90% da fortuna para os três filhos de Gugu. O restante será dividido entre os sobrinhos. O pagamento da pensão será dividido entre os oito.

Viúva do apresentador, Rose Di Matteo contestou o testamento e entrou com pedido na Justiça para ser inventariante dos bens. Ela justifica que está passando por inúmeras dificuldades com as filhas, de quem é representante legal, já que Gugu era o “provedor” da família e os dois eram casados há quase 20 anos.

A morte de Gugu, aos 60 anos, aconteceu no dia 22 de novembro. O apresentador tentava consertar um ar condicionado em sua casa, na Flórida, quando caiu de uma altura de 4 metros e bateu a cabeça numa quina.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum