Fórumcast, o podcast da Fórum
11 de julho de 2019, 07h07

Dono de afiliada da Globo em Alagoas, Collor perde concessão de rádio e TV por decisão judicial

Fernando Collor é o primeiro parlamentar a perder concessão de radiodifusão após denúncia de 13 organizações da sociedade civil contra 40 legisladores que comandam grupos de comunicação; a TV Gazeta, de Collor, é afiliada da TV Globo no Alagoas

FOTO: GERALDO MAGELA/AGÊNCIA SENADO

A  13ª Vara Federal de Alagoas derrubou a concessão, permissão ou autorização do serviço de radiodifusão sonora ou de sons e imagens outorgado à TV Gazeta de Alagoas, à Radio Clube de Alagoas e à Radio Gazeta de Alagoas devido à participação do senador Fernando Collor (PROS-AL) no quadro societário das empresas.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

A decisão vem após ação do Ministério Público Federal motivada por denúncia de 13 organizações ligadas à comunicação que desde 2015 empreendem um processo de ajuizar cerca de 40 parlamentares (32 deputados federais e 8 senadores) de 19 estados brasileiros por comandar emissoras de radiodifusão. O fenômeno, vedado pelo artigo 54 da Constituição, é conhecido como “coronelismo eletrônico”.

Para Élida Miranda, do coletivo Intervozes – um dos que participa da denúncia -, a atuação da Justiça Federal no caso da TV Gazeta é de grande importância. “Historicamente, o senador Fernando Collor vem descumprindo os dispositivos constitucionais em relação ao funcionamento da concessão pública de radiodifusão. A Justiça tem que ser efetiva na fiscalização, inclusive não permitindo que tenham brechas jurídicas para que a decisão seja desfeita em alguma medida”, afirmou.

Miranda ainda acredita que essa ação não pode se limitar a Collor e deve atingir outros parlamentares. “Também é preciso ampliar essa fiscalização para outras empresas, que assim como a do Collor descumprem as regras constitucionais e não respeitam a concessão pública. Para o movimento pela democratização da comunicação não é uma novidade esse debate, mas isso precisa despertar na sociedade”, disse.

A TV Gazeta causou polêmica na semana passada ao demitir jornalistas que participavam de greve histórica que mobilizou diversos comunicadores do Alagoas contra uma redução salarial de 40% imposta pelas redes de comunicação do estado.

As empresas continuarão prestando serviços até o trânsito em julgado da sentença.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum