Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de novembro de 2019, 06h56

Em texto publicado na Folha, Duvivier ataca editorial do jornal “escrito pela velhinha de Taubaté”

Segundo o ator, o editorial, que faz elogios à política econômica de Bolsonaro, "parece um release" de Paulo Guedes e "mostra que a cúpula do jornal continua acreditando no governo até debaixo d’água"

Gregorio Duvivier (Arquivo)

Em artigo, com o título de “Na direção certa“, publicado nesta quarta-feira (6) na Folha de S.Paulo, o ator Gregorio Duvivier atacou ironicamente o editorial publicado pelo próprio jornal no dia anterior, que faz elogios à política econômica do governo Jair Bolsonaro, comandada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

“O editorial da Folha de ontem mostra que a cúpula do jornal continua acreditando no governo até debaixo d’água. O que é um naufrágio pra quem vive no aquário? A velhinha de Taubaté que escreveu o editorial segue confiante e esperançosa de que o governo está “na direção certa”. Faltou dizer pra onde. Pro quinto dos infernos, talvez”, escreve Duvivier.

Segundo ele, o editorial “parece um release” de Paulo Guedes, ressaltando que “Bolsonaro odeia a Folha – e já disse que no seu governo, ‘não vai ter Folha de S.Paulo'”.

Citando o autoritarismo e os rumos que Bolsonaro segue para instalar uma nova ditadura, Duvivier diz que não é à toa que o modelo de Paulo Guedes para “modernizar o Estado” é o Chile de Pinochet.

“Na véspera a Folha já tinha classificado de ‘uma grata surpresa’ o tour em que Bolsonaro bajulou o ditador saudita que mandou matar jornalista. ‘Temos muito em comum’, disse Bolsonaro sobre o príncipe. Levando em conta os passaralhos, um governo que mata jornalista pode poupar um trabalho pro jornal. Reduziria o inchaço”, relata o ator.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum