Fórumcast, o podcast da Fórum
05 de setembro de 2019, 06h54

Fabio Pannunzio deixa a Band após acusar secretário de Bolsonaro de “pedir cabeça de jornalistas”

Apresentador do Jornal da Noite, Pannunzio estava há mais de 20 anos na TV Bandeirantes. Jornalista é crítico ferrenho de Bolsonaro nas redes sociais e protagonizou, há dois dias, bate-boca pelo Twitter com Fábio Wajngarten

O jornalista Fabio Pannunzio (Reprodução)

O jornalista Fabio Pannunzio, apresentador do Jornal da Noite, anunciou pelo Twitter na noite desta quarta-feira (4) que está deixando a TV Bandeirantes após “mais de duas décadas de uma relação muito produtiva e feliz”. O anúncio acontece dois dias após bate-boca com o chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, a quem Pannunzio acusou de ser um “dedo-duro intrigante que só sabe pedir cabeças de jornalistas” – depois de uma série de críticas do jornalista ao governo Jair Bolsonaro.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

O jornalista alega que sua saída da emissora se deu porque precisa “ter, por recomendação médica, uma vida menos tensa e mais pacata”. No entanto, na mesma sequência de tuítes, Pannunzio afirma que fará uma “série especiais de reportagem” e se dedicar a um projeto na internet.

Limpando as gavetas
Após a despedida, Pannunzio voltou às redes para ironizar o bate-boca com Wajngarten, perguntando novamente ao secretário de comunicação de Jair Bolsonaro se ele já havia arrumado as gavetas.

O tuíte remete à discussão, em que Wajngarten mandou Pannunzio perguntar aos diretores da Bandeirantes se eles confirmariam que ele pede a cabeça dos jornalistas. “Se ele confirmar eu me demito. Se ele negar vc se demite, fechado??? Vamos ser objetivos e verdadeiros”, desafiou o bolsonarista.

Na ocasião, Pannunzio respondeu: “Pode ir limpando as gavetas”.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum