Fórum Educação
22 de agosto de 2019, 08h38

Globo torce por privatizações de Bolsonaro e escala “especialistas” para falar sobre “eficiência”

A pauta econômica, que tem as privatizações e as reformas liberais no foco, são o único fio que ainda liga as organizações da família Marinho ao governo Bolsonaro

Bolsonaro no Jornal Nacional, durante as eleições (Divulgação)

Em torcida aberta pela venda das empresas estatais brasileiras, o jornal O Globo escalou “especialistas” para elogiar a medida anunciada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

A reportagem “Venda de estatais vai melhorar eficiência e ajudar contas públicas, dizem analistas” ganhou o principal destaque no site do jornal da família Marinho na manhã desta quinta-feira (22). Mas, logo depois de ser a manchete, o título original foi alterado com um “mas”, para demonstrar “imparcialidade”: “Venda de estatais vai melhorar eficiência, mas modelo jurídico é desafio, dizem analistas”, amenizou O Globo.

A reportagem, assinada por Bruno Rosa e Ana Paula Ribeiro, ouve “especialistas” ligados ao sistema financeiro – principal beneficiário da política de Guedes – para dizer que “a privatização dos Correios e de outras 16 estatais deve melhorar a eficiência, contribuir para reduzir o tamanho do Estado e ajudar as contas públicas”.

“É uma notícia positiva para investidores e para o ajuste fiscal. É uma notícia de execução no médio e longo prazo”, disse Jorge Simão, superintendente de distribuição do banco Haitong.

O texto diz ainda do interesse de “estrangeiros” – subetenda-se empresas transnacionais – na política privatista, citando fonte anônima de uma “empresa de consultoria”.

“Muitos investidores já estavam esperando essa venda de ativos do governo, que era uma promessa do ministro da Economia, Paulo Guedes. Aqui na consultoria estamos recebendo, em média, de três a quatro empresas do exterior por semana. Todos estão buscando boas empresas com contratos públicos, pois isso acaba servindo de garantia e remuneração para a compra”, diz o “consultor”.

Globo e Bolsonaro
A pauta econômica, que tem as privatizações e as reformas liberais no foco, são o único ponto que ainda liga as organizações da família Marinho ao governo Bolsonaro.

Avessa à guerra cultural e a pauta de “costumes”, a Globo ainda tem em Paulo Guedes seu fiel escudeiro para entregar ao sistema financeiro internacional – que financia a Globo e elegeu Bolsonaro – as promessas de liberalização econômica e submissão aos interesses externos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum