Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de junho de 2019, 13h47

Greenwald compara reação de Moro e Dallagnol à dos Estados Unidos no Caso Snowden

“No início da reportagem de Snowden, o governo dos Estados Unidos não sabia que tínhamos provas, e começaram a mentir, mas nós provamos com documentos que suas defesas eram falsas. Moro e Deltan não podem mentir também porque temos as evidências e os fatos”, tuitou Glenn

Foto: Arquivo

A revelação do escândalo Vaza Jato pelo portal The Intercept criou uma nova dinâmica no cotidiano do principal responsável pelas reportagens, o jornalista Glenn Greenwald: a de ter que responder os diferentes ataques de bolsonaristas, e também dos citados pelas reportagens, que o acusam de mentir e de cometer crime de invasão de privacidade e hackeamento ilegal.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Depois de responder os filhos de Bolsonaro e a Rede Globo de Televisão, nesta quinta-feira, ele mandou um recado para os dois principais citados nas reportagens publicadas até agora: o procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro.

“No início da reportagem de Snowden, o governo dos Estados Unidos não sabia que tínhamos provas, então começaram a mentir e, toda vez que o fizeram, publicamos documentos provando que suas defesas eram falsas. Moro e Deltan não podem mentir ou usar desculpas porque temos as evidências e os fatos”, foi a mensagem publicada pelo estadunidense.

Na mesma noite desta quinta, o portal The Intercept Brasil publicou toda a série de diálogos entre Dallagnol e Moro, mostrando que o tweet do jornalista não é uma bravata.

Vale lembrar também que, segundo Leandro Demori, editor do The Intercept Brasil, o conteúdo revelado pelas reportagens já publicadas correspondem a pouco mais de 1% de todo o material reunido pelo portal, que será revelado nas próximas matérias da série, a serem veiculadas em breve.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum