Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de dezembro de 2019, 21h25

Jornal Nacional, da Globo, exalta PIBinho de Bolsonaro

Crescimento de apenas 0,6% no PIB foi tratado pelo telejornal como uma grande escalada

Foto: Reprodução/TV Globo

“O IBGE divulgou hoje o PIB do terceiro trimestre deste ano. O resultado mostrou uma recuperação gradual da economia, pouco acima do que se esperava”, foi o que disse o âncora do Jornal Nacional, William Bonner, ao abrir a edição desta terça-feira (3) do principal telejornal da Rede Globo. Os dados apontam um modesto crescimento de 0,6% no PIB entre julho e agosto.

O avanço, que foi de 0,2% acima do projetado por agências como a Bloomberg, foi motivo para uma reportagem com um tom bastante otimista, relacionando a economia com “a bicicleta do entregador” andando para frente. “Devagar, mas sempre adiante”, foi como o repórter Pedro Bassan encerrou a matéria, que apresentou os índices de “crescimento”.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Em seguida, o JN intercalou uma matéria sobre o reaquecimento do consumo, visto como principal fator para o resultado do PIB, através de pessoas que conseguiram emprego no último mês.

Nas redes sociais, a abordagem do telejornal foi criticada. “Os números da economia brasileira, que segundo o Jornal Nacional vão muito bem, estão sendo colocados em dúvida. Pelo Financial Times. Vai vendo…”, disse o jornalista Flavio Gomes. “Vendo o Jornal Nacional, me sinto num país próspero caminhando a passos largos para um futuro brilhante. Aumento do PIB em 0,6% graças ao Rappi, iFood e Uber. Vão se foder, vão”, criticou ainda.

Na segunda-feira (2), o telejornal usou números da indústria do papelão para dizer que a economia brasileira estaria se reaquecendo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum