Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de agosto de 2019, 20h28

Mais um deixa a Jovem Pan após ataques de bolsonaristas: Carlos Andreazza pede demissão

Depois de Marco Antonio Villa, comentarista político Carlos Andreazza, alvo de bolsonaristas, deixa a rádio por "razões pessoais"

Reprodução/Twitter

O apresentador Carlos Andreazza, criador do programa 3 em 1, da rádio Jovem Pan, pediu demissão nesta terça-feira (6). O comentarista político era fortemente atacado por bolsonaristas por adotar posição contrária ao governo. Ele se junta a Marco Antonio Villa, que pediu demissão da rádio após ser afastado por também criticar o governo Bolsonaro.

“Pessoal, chegou a hora de eu deixar a Jovem Pan. Ao longo do último final de semana, conversei com a direção da rádio, apresentei meu pedido e fui liberado. As razões são inteiramente pessoais. Hoje eu me despeço. Foi meu último 3 em 1”, publicou Andreazza em seu Twitter. Além do programa, o comentarista possui uma coluna no jornal O Globo e é editor-executivo do Grupo Editorial Record.

Na segunda-feira (5), um vídeo com duras críticas do comentarista ao governo Bolsonaro ganhou grande repercussão nas redes e pode ser um dos motivos da saída do radialista, que foi muito atacado por apoiadores do presidente. Confira:

O anúncio da demissão gerou comemoração por parte de bolsonaristas, que pediram a entrada de Caio Coppolla, o queridinho da nova direita, no lugar de Andreazza. Nesta terça-feira, Bolsonaro compartilhou vídeo de Coppolla com elogios ao governo. Em discussão recente com o jornalista Edgard Piccoli, ele afirmou que não é “assessor de imprensa do governo”, apesar de sempre defender Bolsonaro.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum