Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de julho de 2018, 19h34

MBL protesta contra o Facebook com transmissão ao vivo do próprio Facebook

O MBL, que defende ideias liberais, informou que vai usar "todos os recursos legais e políticos" contra a decisão de uma empresa privada, o Facebook, de remover páginas e perfis associadas ao grupo que disseminavam fake news; protesto em frente a sede da rede social, convocado por transmissão ao vivo, contou com baixíssima adesão

Foto: Reprodução/Twitter

O Movimento Brasil Livre (MBL) realizou, na tarde desta quinta-feira (26), uma manifestação com baixíssima adesão em frente a sede do Facebook na capital paulista. O ato tinha como objetivo protestar contra a decisão da empresa, que retirou do ar 196 páginas e 87 perfis associados ao grupo que, de acordo com a rede social, formavam uma rede de disseminação de fake news.

Para convocar o protesto contra o Facebook, integrantes do MBL, como Kim Kartaguiri, utilizaram transmissões ao vivo do próprio Facebook.

Em um comunicado divulgado na noite de quarta-feira (25), o grupo, que defende a autonomia de empresas privadas e ideias liberais, informou que vai usar “todos os recursos midiáticos, legais e políticos que a democracia nos oferece para recuperar as páginas derrubadas”.

“Não apresentaram um maldito motivo”, afirmou na manifestação de hoje o vereador Fernando Holiday (DEM).

Quem anunciou a retirada das páginas e perfis, no entanto, foi o próprio Facebook, que divulgou o seguinte comunicado: “As ações que estamos anunciando hoje fazem parte de nosso trabalho permanente para identificar e agir contra pessoas mal intencionadas que violam nossos Padrões da Comunidade. Nós estamos agindo apenas sobre as Páginas e os Perfis que violaram diretamente nossas políticas, mas continuaremos alertas para este e outros tipos de abuso, e removeremos quaisquer conteúdos adicionais que forem identificados por ferir as regras”.

Saiba mais aqui.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum