Fórum Educação
25 de agosto de 2019, 09h45

Merval diz que Bolsonaro divulgou fake news sobre R$ 375 mil pagos pelo Senac: Não foi 1 palestra, foram 15

"Cada palestra teve a respectiva nota fiscal, incluindo os impostos devidos, e foi declarada no meu Imposto de Renda. Taokei?", escreveu Merval Pereira, em sua coluna n'O Globo

Bolsonaro e Merval Pereira (Foto: Montagem)

Atacado por Jair Bolsonaro (PSL), o porta-voz político das organizações Globo, Merval Pereira, rebateu a acusação neste domingo (25) em sua coluna no jornal O Globo dizendo que não receberia R$ 375 mil para dar “uma” palestra, mas que seriam 15 no total, das quais foram realizadas 13.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Em março de 2016, eu e diversos outros jornalistas e economistas fomos contratados para participar do Mapa Estratégico do Comércio, da Fecomércio do Rio. O projeto previa 15 palestras em diversas cidades do Estado do Rio, analisando as perspectivas políticas e econômicas naquele ano de eleições municipais. Os R$ 375 mil de que fala o presidente, portanto, não se referem a uma palestra, mas às 15 previstas para os anos de 2016 e 2017. Na verdade, não recebi esse total, pois o programa foi interrompido, e acabei dando 13 palestras”, relatou Merval, classificando como “fake news” a informações divulgada por Bolsonaro.

“Cada palestra teve a respectiva nota fiscal, incluindo os impostos devidos, e foi declarada no meu Imposto de Renda. Taokei?”, escreveu Merval Pereira, em sua coluna n’O Globo.

Palestrante
Na publicação em seu Twitter neste sábado (24), Bolsonaro atiça sua milícia digital ao indagar: “Você contrataria um palestrante para sua empresa pagando R$375.000?”, antes de falar sobre o valor que o jornalista da Globo teria recebido.

Mais tarde, em entrevista coletiva, Bolsonaro quis chantagear os jornalistas afirmando que se não publicassem que o comentarista do Grupo Globo recebeu R$ 375 mil para dar uma palestra no Senac, ele não concederia mais entrevistas aos repórteres.

“Façam a matéria. Se vocês não fizerem nenhuma matéria sobre isso amanhã nos jornais, eu não dou mais entrevista para vocês”, falou Bolsonaro. Alguns jornalistas chegaram a rir da situação de constrangimento que o presidente os colocou. “Não estou perseguindo ninguém. Agora gastar dinheiro público para palestra é brincadeira”, concluiu Bolsonaro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum