Fórumcast #20
18 de dezembro de 2018, 18h11

Olavo de Carvalho diz: “Os jornalistas são os maiores inimigos do povo”; ABERT repudia

Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão considera preocupante a declaração do escritor, guru da família Bolsonaro

Foto: Reprodução

O escritor e guru da família Bolsonaro, Olavo de Carvalho, por meio de sua conta no Twitter, postou a frase “Os jornalistas são os maiores inimigos do povo, seja nos EUA ou no Brasil”. ​A afirmação foi considerada “preocupante” e “fruto de intolerância” pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT). A entidade se manifestou por meio de uma nota de repúdio.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Acompanhem a íntegra da mensagem:

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) considera preocupante a declaração do escritor Olavo de Carvalho que, pelas redes sociais, afirmou que “os jornalistas são os maiores inimigos do povo, seja nos EUA ou no Brasil”.

A ABERT reitera que os jornalistas têm como missão informar, com responsabilidade, a sociedade sobre os assuntos de interesse público. Qualquer ato ou afirmação que distorça o trabalho dos profissionais de comunicação é fruto de intolerância e de total desconhecimento do papel da imprensa em um país democrático.

Veja também:  Não há vacina contra o ódio

A ABERT está certa de que este não é o pensamento da sociedade e das autoridades brasileiras que prezam a liberdade de imprensa como um valor da democracia.

Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

 A ABERT é uma organização fundada em 1962, que representa 3,6 mil emissoras privadas de rádio e televisão no país, e tem por missão a defesa da liberdade de expressão em todas as suas formas.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum