No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
24 de junho de 2019, 21h03

Ratinho compra rádio que já foi de O Estadão

Apresentador gastou R$ 50 milhões e tem como objetivo transformar a antiga Estadão FM na sede principal da Rede Massa de Rádio, hoje com mais de 40 emissoras

Foto: Reprodução/SBT

Um dos principais garotos-propaganda de Jair Bolsonaro, em seu programa no SBT, o apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, confirmou, nesta segunda-feira (24), a compra da rádio Estadão FM, 92,9 MHz, de acordo com a coluna de Flávio Ricco, no UOL.

A emissora pertenceu nos últimos dois anos à igreja Comunidade Cristã Paz e Vida, que, evidentemente, implantou uma programação destinada ao público evangélico e passou a atender pelo nome Feliz FM.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Antes da aquisição por Ratinho, religiosos criaram uma campanha de arrecadação junto aos adeptos da igreja para que a rádio não saísse de suas mãos. No entanto, não conseguiram chegar ao valor necessário.

Ratinho divulgou que a transação custou R$ 50 milhões, e declarou que vai assumir a emissora dentro de um mês. Seu objetivo é transformá-la na sede principal da Rede Massa de Rádio, hoje com mais de 40 emissoras.

Contratado pelo governo federal para ser garoto-propaganda da reforma da Previdência, Ratinho, que entrevistou Bolsonaro e Sérgio Moro em seu programa, deve R$ 76,4 milhões em impostos à União. As informações estão disponíveis no banco de dados de dívidas ativas da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), vinculada ao Ministério da Economia.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum