Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
16 de fevereiro de 2020, 11h37

Record é condenada a pagar R$ 2 milhões por pintar arte rupestre para cenário de série bíblica em MG

Em sua defesa, a Record disse que a gravação da minissérie gerou benefícios e deu projeção nacional à região e que, por isso, não deveria pagar indenização por danos sociais

Cartaz da série da Record e a arte rupestre coberta com tinta em foto do MPMG (Montagem)

A Rede Record, do bispo da Igreja Universal Edir Macedo, foi condenada em segunda instância por pintar com tinta branca uma parede com arte rupestre, de grupos pré-históricos que habitaram a região de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, há até 11 mil anos atrás.

A parede, localizada na Serra do Pasmar, foi pintada para compor o cenário da minissérie bíblica Rei David, que a emissora gravou há quase 10 anos na região.

Segundo reportagem de Regiane Oliveira, no site do El País neste domingo (16), a rede de Edir Macedo investiu cerca de 30 milhões de reais na minissérie, inclusive com gravações nas áreas desérticas de Cache Creek e Kamloops, no Canadá.

Em sua defesa na Justiça, a Record nega que seja possível relacionar a tinta que existe no local à sua presença, uma vez que a prova pericial foi realizada dezenove meses após o encerramento das gravações de Rei Davi.

A emissora diz ainda que a gravação da minissérie gerou benefícios ao município de Diamantina, tais como o acréscimo no turismo e projeção nacional e que, por isso, não deveria pagar indenização por danos sociais.
Por fim, a Record alega que não havia registro de que o local utilizado para as gravações era sítio arqueológico ou área de preservação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum