Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de setembro de 2019, 22h42

Robôs e seguidores de Bolsonaro atacam emissora com hashtag #GloboImbecil

Os ministros Abraham Weintraub, da Educação, e Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos, também entraram no levante contra a emissora

Foto: Reprodução/ Twitter

Robôs e seguidores do presidente Jair Bolsonaro (PSL) lutam para subir a hashtag #GloboImbecil no Twitter como forma de atacar a emissora neste domingo (8). O motivo foi um comentário postado neste sábado (7) pelo portal de notícias da emissora, o G1, chamando o garoto que subiu no Rolls Royce com Jair Bolsonaro (PSL), durante o desfile do 7 de Setembro, de “moleque imbecil”, além de mandá-lo se “alfabetizar”. Os ministros Abraham Weintraub, da Educação, e Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos, também entraram no levante contra a emissora.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“O menino foi exposto publicamente por um funcionário de um órgão de imprensa. Já solicitei a secretaria dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes e a nossa assessoria jurídica que estude que medida poderá ser tomada”, escreveu Damares, em publicação no Facebook. Enquanto isso, Weintraub comentou no Twitter que o pedido de desculpas “vagabundo” do G1 “mostra a essência da Globo/Marinho”, alegando que a ofensa demonstra “o nível da escória na alta cúpula com acesso à edição”.

Em nota, a redação do G1 alegou que a conta do Facebook do portal “foi indevidamente utilizada para um comentário ofensivo sobre o menino que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro no desfile de 7 de setembro. O G1 repudia o uso de sua conta e anuncia que vai investigar o ocorrido e tomar as medidas cabíveis”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum