Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de janeiro de 2020, 07h00

Vera Magalhães comemora Roda Viva “sem exigências nem arrogância” com Moro

"Aos críticos de entrevistas que ainda não aconteceram: arrogância também é um traço de autoritarismo. Beijo. Até amanhã", escreveu a jornalista, após comentar publicação de Moro dizendo que o programa teve "jornalistas às vezes duros, mas dedicados"

Sergio Moro no Roda Viva na estreia de Vera Magalhães (Reprodução)

Após acusações de que teria enviado a lista de entrevistados para aprovação prévia de Sergio Moro em seu programa de estreia no comando do Roda Viva, a colunista do jornal O Estado de S.Paulo, Vera Magalhães comemorou nas redes sociais na madrugada desta terça-feira (21) o “debate franco e respeitoso” com o ministro e insinuou que não houve “exigências” por parte do ex-juiz da Lava Jato.

“Democracia é isso: debate franco e respeitoso, sem pautas proibidas e sem agenda própria ou panfletária. Obrigada ao ministro e aos entrevistadores por se lançarem a essa entrevista sem exigências nem arrogância. Ninguém vai reinventar o jornalismo. Basta aplicar suas premissas”, tuitou Vera, ao compartilhar uma publicação de Moro sobre a “boa experiência no Roda Viva”, com “jornalistas às vezes duros, mas dedicados”.

Mostrando-se ressentida com as críticas prévias que recebeu a escalar uma bancada que foi composta até mesmo por Felipe Moura Brasil, diretor de jornalismo da Jovem Pan e apoiador de carteirinha de Sergio Moro, a jornalista respondeu: “Aos críticos de entrevistas que ainda não aconteceram: arrogância também é um traço de autoritarismo. Beijo. Até amanhã”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum