O que o brasileiro pensa?
27 de maio de 2020, 06h35

William Bonner sinaliza uso político de dados do filho em fraude do auxílio emergencial

Apresentador do Jornal Nacional diz que objetivo dos envolvidos era "encurralar" ele a ex-esposa, Fátima Bernardes, de forma a também atingir a TV Globo

O apresentador William Bonner, no Jornal Nacional, da TV Globo (Foto: Reprodução/YouTube)

Em entrevista ao Programa do Bial na madrugada terça-feira (26), o apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, comentou sobre a fraude envolvendo o uso de dados do seu filho, Vinicius Bonner, para tentar sacar o auxílio emergencial de R$ 600 do governo. Para ele, as pessoas envolvidas no esquema tinham interesses políticos, e não financeiros.

Bonner afirmou que o objetivo principal dos fraudulentos era “encurralar” ele e Fátima, de forma a também atingir a TV Globo.

“Quem quer que tenha inscrito o nome do meu filho neste programa pertence a um grupo, ou agiu solitariamente, não com a intenção de botar o dinheiro no bolso. Ele fez isso para que o filho do âncora do Jornal Nacional e da apresentadora de entretenimento da Globo [Fátima Bernardes, ex-esposa de William Bonner] aparecesse como alguém que tivesse feito algo muito feio e encurralasse essas pessoas”, disse o apresentador.

“Quem em meio a uma pandemia com milhares de mortes, com centenas de milhares de pessoas doentes, teria a ideia de entrar no site do Ministério da Cidadania, do Dataprev, e verificar se o filho do William Bonner tentou se inscrever para receber os R$ 600 da ajuda que o governo destina aos que perderam renda?”, continuou.

Bonner revelou a fraude em suas redes sociais, na semana passada. Seu filho, obviamente, não está no grupo de pessoas que poderia ser beneficiado, mas, de acordo com Bonner, seu CPF foi aprovado, o que revela fraude.

Na entrevista com Pedro Bial, o apresentador do JN também comentou sobre os ataques e intimidações que têm sofrido por bolsonaristas desde as eleições de 2018. Para evitar agressões, Bonner evita frequentar lugares públicos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum