Irresponsável, Bolsonaro faz live anunciando medicamento que curaria coronavírus

Em vídeo publicado nas redes sociais, presidente diz que Exército ampliará produção da cloroquina, segundos depois de reconhecer que Hospital Albert Einstein ainda está testando sua eficácia

Escrito en Coronavírus el
Direto da Redação da Revista Fórum.
Irresponsável, Bolsonaro faz live anunciando medicamento que curaria coronavírus
Jair Bolsonaro (foto: Twitter).

Em vídeo divulgado em suas redes sociais, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro tentou, pela primeira vez, mostrar serviço com relação à pandemia do coronavírus, dizendo que solicitou ao Ministério da Defesa a ampliação da produção de cloroquina para ser usada em pacientes com coronavírus.

O problema é que, segundos antes, na mesma live, ele reconheceu que consultou especialistas do Hospital Albert Einstein, que disseram a ele que o uso da medicação para o tratamento de casos de coronavírus ainda está em fase de experimentação.

A medida rema na direção contrária a uma decisão da Anvisa, que restringiu a venda da cloroquina e da hidroxicloroquina, que passarão a exigir receita especial para serem comercializadas.

“Tenhamos fé que, brevemente, ficaremos livre desse vídeo”, disse Bolsonaro, no encerramento do vídeo no qual usou uma camiseta do São Vicente Atlético Clube.

Logo Forum